Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Simony relembra massacre após assumir relacionamento com presidiário: "Fiz minha família sofrer"

Cantora também revelou como foi salva ao ficar no meio de uma rebelião no Carandiru; veja

Redação Contigo! Publicado em 27/08/2021, às 09h43

Simony desabafa ao falar sobre relacionamento com ex-presidiário: "Fiz minha família sofrer" - Reprodução/Instagram
Simony desabafa ao falar sobre relacionamento com ex-presidiário: "Fiz minha família sofrer" - Reprodução/Instagram

A cantora Simony fez um relato muito sincero do relacionamento com o rapper AfroX. Os dois se envolveram quando ele era presidiário. Segundo ela, foi um momento muito difícil.

"Eu fui na TV, com o Gugu e contei a história toda. Eu fui muito julgada. Eu andava no mercado e as mulheres não andavam perto de mim", afirmou ela ao podcast Inteligência Ltda.

Ela afirmou  que hoje pensa que foi muito corajosa por assumir o romance. Ela não encontra nada que explique porque decidiu viver intensamente o relacionamento.  

"Eu olho hoje e penso: você foi muito doida, né? Onde você estava com a cabeça, menina? Eu tinha 23 anos. Eu não sei te responder [porque se relacionou com o rapper], talvez eu tenha me apaixonado, queria provar algo. Não sei. Eu fiz minha família sofrer muito, foi muito triste. Eles eram julgados por algo que eu estava envolvida. Minha mãe teve que mudar de cidade. Eu não sabia que ia causar tudo isso", lembra.

Sincera, a cantora disse que se arrepende de ter vivido o relacionamento e que hoje faria tudo diferente. 

"Me arrependo, não faria de novo porque hoje eu tenho outra cabeça. Eu já fiz, não dá pra ficar me julgando. Eu tenho a Aysha e o Ryan que são dois filhos maravilhosos. Eu sempre contei toda a história do pai", afirmou ela que ainda disse que assim que ele deixou a prisão o relacionamento terminou "Eu não convivi muito tempo com ele quando ele saiu [da prisão].A gente é muito diferente um do outro, é incompatível", declarou ela. 

Ao fim, ela ainda relembrou o momento mais dramático do relacionamento: o momento em que ficou presa em uma rebelião no Carandiru. Ela conta que foi salva após negociações de Eduardo Suplicy.

"Na parte em que eu estava não tinha arma. Foi o Suplicy, ele que fez a mediação. Foi muito triste, tive muito medo, estava grávida de seis meses. E eu vejo meu filho hoje, tão educado, tão bom, um menino incrível... Deus foi muito bom pra mim", declara.

FELICIDADE

A cantora Simonyreuniu todos os filhos para comemorar um dia especial na vida em família: o aniversário de Pyetra Benelli, sua filha mais nova. Eles se reuniram em um hotel para comemorar em família a data.

Veja na íntegra: