Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / NEGOU

Simone Medina afirma que decisão de fechar Instituto Gabriel Medina não foi dela: “Nos proibiu”

Mãe do surfista ainda conta que o filho exigiu que ela e o marido renunciassem aos cargos dentro da organização, diz jornal

Redação Contigo! Publicado em 21/09/2021, às 09h57

Simone Medina afirma que decisão de fechar Instituto Gabriel Medina não foi dela: “Nos proibiu” - Reprodução/Instagram
Simone Medina afirma que decisão de fechar Instituto Gabriel Medina não foi dela: “Nos proibiu” - Reprodução/Instagram

Simone Medina esclareceu a polêmica que envolveu o seu nome nos últimos dias sobre o fechamento do Instituto Gabriel Medina, local em que ela era a presidente.

É que houve boatos de que a organização, que funcionava em Maresias, litoral de São Paulo, teria sido fechada por decisão da empresária. Mas, para o jornal F5 a mãe do atleta negou que essa determinação tenha sido feito por ela.  

Conforme as informações do veículo, Simone contou que o próprio Gabriel Medina ordenou que ela e o seu marido, Charles Medina, renunciasse aos cargos em que tinham no instituto.

“Não é verdade, e vocês devem perguntar para o Gabriel, ele era dono do instituto e eu apenas a presidente, afinal levava o nome dele, enquanto eu trabalhava voluntariamente. Aliás, Gabriel exigiu que eu e Charles renunciássemos aos cargos e nos proibiu de usar seu nome e imagem”, contou ela.

Além disso, garantiu que se dedicou e fez tudo “com muito amor” na associação do surfista, mas que “existem situações que saem da alçada”.