Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / INDIRETA?

Simaria reaparece e faz desabafo após deixar de seguir Simone: "Pare de se comparar"

Simaria reaparece nas redes sociais e faz desabafo enigmático após chocar a todos ao parar de seguir sua irmã Simone no Instagram

Redação Contigo! Publicado em 15/07/2022, às 17h23

Simaria fez um desabafo inusitado nas redes sociais dias depois de dar unfollow em sua irmã - Reprodução/Instagram
Simaria fez um desabafo inusitado nas redes sociais dias depois de dar unfollow em sua irmã - Reprodução/Instagram

Na madrugada desta sexta-feira (15), Simaria Mendes surpreendeu seus seguidores ao publicar uma reflexão enigmática antes de ir dormir. Em suma, a sertaneja já havia se envolvido em uma polêmica nos últimos dias ao deixar de seguir a irmã, Simone, nas redes sociais.

O tweet foi a primeira declaração pública da cantora desde o unfollow em diversos famosos. "Pare de se comparar com outras pessoas, você está nesse planeta para ser você, e não uma imitação de você mesmo", escreveu a artista.

Além de Simone, nomes como Virgínia Fonseca, Zé Felipe, Rafael Uccman, Carlinhos Maia, LucasGuimarães, Camilla Loures, ÁlvaroXaro, Gkay, Ludmilla, Juliette Freire, e Anitta não são mais seguidos por Simaria.

Nos comentários, diversos internautas desejaram melhoras à sertaneja pela fase ruim que está passando em sua vida. "Lindas palavras! Boa noite, descansa. Te amo", comentou uma. "Quero que fique bem independente de qualquer coisa ou situação! Orando por você, se cuida por favor, to morrendo de saudades", escreveu outra fã.

DEOLANE INSINUA SOBRE PERSEGUIÇÃO POLÍTICA

Deolane Bezerra desabafou nesta sexta-feira (15) ao revelar sua versão sobre os fatos que aconteceram em sua mansão. Ela foi vítima de um mandado de busca e apreensão e está sendo investigada por suposta lavagem de dinheiro praticada por uma empresa de marketing. 

Logo no início do vídeo, ela cita seu apoio ao ex-presidente Lula. "Até o final do ano vai ser um B.O. atrás do outro que eu sei. Faz o L”, disse ela insinuando que a perseguição tem cunho político.