Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Silvero Pereira rejeita antiga versão do seu personagem em Pantanal: "Outro tom"

Silvero Pereira rejeita primeira versão do seu personagem Zaquieu na novela em 1990 e aponta diferenças do novo; entenda

Redação Contigo! Publicado em 28/06/2022, às 13h37

Reprodução/TV Globo
Reprodução/TV Globo

O ator Silvero Pereira foi ao Encontro nesta terça-feira (28) e falou sobre o seu personagem na novela Pantanal, o modelo gay Zaquieu.

Sincero, ele revelou que teve certa rejeição ao personagem há 32 anos, quando assistiu a primeira versão da trama foi ao ar na Manchete, em 1990. Na época, ele tinha apenas 8 anos de idade.

"Estou muito feliz com esse personagem e agradeço imensamente pelo convite. Fui espectador de Pantanal em 1990, e o Zaquieu foi feito brilhantemente pelo João Alberto Vieira, mas eu tinha uma outra identificação com aquele Zaquieu", começou ele.

Logo em seguida, ele explicou porque não gostou do personagem na primeira versão: "Como eu era muito pequeno e ele era muito afeminado, e ele sofreu com essa questão, eu resolvi rejeitar um pouco o Zaquieu do João Alberto. Lembro de não querer me parecer com o personagem exatamente por aquelas questões que ele sofria".

Além de contar que haverá passagens de homofobia nos próximos capítulos, o ator explica: "Esse Zaquieu de agora é o contrário. É uma outra perspectiva, é um outro tom. Esse Zaquieu chega ao Pantanal mais empoderado, chega pedindo respeito e orgulho".

Em sua chegada ao Pantanal, o comportamento do mordomo vai gerar estranheza. "Os peões são mais preconceitos e o José Leôncio e a Filó são mais ignorantes sobre o assunto. Mas esse Zaquieu não abaixa a cabeça. Ele tem orgulho, e é isso que eu quero e é isso que eu quero para essa nova geração que assistir a esse Zaquieu", concluiu o artista. 

FALA MESMO!

Silvero Pereira não ficou calado ao se deparar com um vídeo polêmico de Elba Ramalho em uma festa de São João que aconteceu em Salvador, na Bahia. Acontece que o público resolveu se manifestar contra o atual presidente, Jair Bolsonaro, deixando a famosa completamente irritada.

“Isso é um show de São João, não é um comício”, detonou a cantora, ao ouvir gritos de "fora Bolsonaro" durante sua apresentação. Entretanto, se engana quem pensa que a situação parou por aí. Isso porque, logo em seguida à reclamação da famosa, as pessoas presentes no evento voltaram lhe provocar, gritando em coro pelo nome do ex-presidente Lula.

“Olê, olê, olá, Lula, Lula!”, cantavam os populares, sendo novamente rebatidos por Elba Ramalho: “A plateia está se manifestando. Como a gente vive em um país democrático, tem que deixar. Cada um tem o presidente que merece”.

Siga a Contigo! no Instagram