Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DEBOCHOU

Silvero Pereira rebate Elba Ramalho após polêmica em show: "É a voz de Deus"

Silvero Pereira rebate Elba Ramalho nas redes sociais ao se deparar com um polêmico vídeo da cantora em uma festa de São João

Redação Contigo! Publicado em 27/06/2022, às 22h58

Silvero Pereira alfinetou Elba Ramalho nas redes sociais ao se deparar com um vídeo polêmico envolvendo a famosa - Reprodução/Instagram
Silvero Pereira alfinetou Elba Ramalho nas redes sociais ao se deparar com um vídeo polêmico envolvendo a famosa - Reprodução/Instagram

Silvero Pereira não ficou calado ao se deparar com um vídeo polêmico de Elba Ramalho em uma festa de São João que aconteceu em Salvador, na Bahia. Acontece que o público resolveu se manifestar contra o atual presidente, Jair Bolsonaro, deixando a famosa completamente irritada.

“Isso é um show de São João, não é um comício”, detonou a cantora, ao ouvir gritos de "fora Bolsonaro" durante sua apresentação. Entretanto, se engana quem pensa que a situação parou por aí. Isso porque, logo em seguida à reclamação da famosa, as pessoas presentes no evento voltaram lhe provocar, gritando em coro pelo nome do ex-presidente Lula.

“Olê, olê, olá, Lula, Lula!”, cantavam os populares, sendo novamente rebatidos por Elba Ramalho: “A plateia está se manifestando. Como a gente vive em um país democrático, tem que deixar. Cada um tem o presidente que merece”.

Ao se deparar com o vídeo nas redes sociais, o intérprete de Zaqueu no remake de Pantanal fez questão de alfinetar a cantora. "São João não é comício, mas a voz do povo é a voz de Deus!", escreveu o ator em seu Twitter.

ALANIS GUILLEN RELATA JÁ TER SOFRIDO ASSÉDIO

Alanis Guillen, a Juma no remake de Pantanal na Globo, abriu o coração para falar sobre a diária luta das mulheres em busca de direitos iguais e respeito. Sincera, ela frisou que toda mulher já sofreu ou sofrerá algum tipo de assédio durante sua vida, assim como já aconteceu com ela no passado.

"O assédio existe das formas mais bem estruturadas e veladas. Então dizer que eu não sofri assédio é uma grande mentira. Acho que toda mulher sofreu, sofre e infelizmente sofrerá. O feminismo está aí pra gente lutar para que o respeito prevaleça", lamentou a atriz em entrevista à Glamour.