Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / PERDEU!

Sikêra Jr. é condenado a pagar indenização após ataques ao marido de Xuxa Meneghel

Sikêra Jr. se deu mal e agora terá que desembolsar uma indenização por danos morais a Junno Andrade, o marido de Xuxa Meneghel

Redação Contigo! Publicado em 17/11/2021, às 12h16

Sikêra Jr. é condenado a pagar indenização após ataques ao marido de Xuxa Meneghel - Reprodução/RedeTV!/Instagram
Sikêra Jr. é condenado a pagar indenização após ataques ao marido de Xuxa Meneghel - Reprodução/RedeTV!/Instagram

O apresentador Sikêra Jr. e a RedeTV! foram condenados pela Justiça de São Paulo a indenizarem Junno Andrade em R$ 10 mil por danos morais.

Em 2020, o comandante do Alerta Nacional proferiu ataques contra Xuxa Meneghel e seu marido, o definindo como "gigolô" - termo pejorativo para se referir a um homem que é sustentado por uma mulher em troca de favores sexuais. Em novembro do mesmo ano, o advogado do ator moveu a ação.

"E tem também lá o 'jugolô', não faz nada na vida. É o que está ligando para todo mundo pedindo para meter o pau em mim. Não vive de outra coisa, na asa. Já tentou de tudo, não consegue fazer sucesso", disparou Sikêra contra Junno na ocasião.

O veredito foi do juiz Guilherme Duran Depieri, da 10ª Vara Cível de SP, que considerou que "o conteúdo ofensivo é claro, depreendendo-se dos próprios termos empregados, como o trocadilho 'jugolô', 'não faz nada na vida', 'vive na asa'". As informações são do colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo.

Apesar da decisão, ainda cabe recurso ao apresentador e à emissora.

PROVOCAÇÃO

O apresentador do Alerta Nacional Sikêra Jr. comemorou a demissão de Ana Paula Renault do SBT. A ex-BBB co-comandava o Fofocalizando e saiu da emissora esta semana após o aval do dono da empresa, o próprio Silvio Santos.

O jornalista da RedeTV decidiu debochar da apresentadora, já que os dois trocam alfinetadas a um certo tempo. Ironizando, ele publicou em seu Instagram um vídeo da loira o criticando e o apontando como um "desserviço".