Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DETONOU

Sem papas na língua, Caio Blat detona Secretário da Cultura Mário Frias por posar com armas: "Vexame"

Político estava cumprindo "agenda cultural" no museu da Polícia Militar e dividiu opiniões entre os artistas

Redação Contigo! Publicado em 06/10/2021, às 16h40

Sem papas na língua, Caio Blat detona Secretário da Cultura Mário Frias por posar com armas: "Vexame" - Reprodução/Instagram
Sem papas na língua, Caio Blat detona Secretário da Cultura Mário Frias por posar com armas: "Vexame" - Reprodução/Instagram

Nesta quarta-feira (6), Caio Blat não resistiu e opinou sobre uma atitude polêmica do Secretário Especial de Cultura, Mário Frias.

Isso porque o político surgiu posando armado em um clique recentemente publicado na web. Ele estaria cumprindo "agenda cultural" no museu da Polícia Militar, em São Paulo.

Ao lado do ator, também aparecem André Porciúncula, secretário nacional de Incentivo e Fomento à Cultura, Hélio Ferraz de Oliveira, secretário especial adjunto da cultura, e Felipe Carmona, secretário nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual. 

Indignado com o ocorrido, Caio Blat se posicionou contra o político em seu Instagram. Ele repostou o clique polêmico e desceu a lenha no secretário.

"Isso é Cultura pra vocês? Isso é a falência da Cultura, o vexame de quem não tem nada para oferecer além de armas", escreveu. 

Nos comentários, diversos artistas também expuseram suas opiniões. "Retrocesso. Dói ver isso, traz repugnância, enjoo, nojo, tristeza e mais um monte de sentimentos ruins. Sigamos na luta", digitou Zeze Motta.

"Inacreditável! O que eles querem? Intimidar! Formar milícias?", opinou Paulo Betti. "Tire as armas dos meliantes e vamos ver se a postura é a mesma. Simples assim", acrescentou Nany People

ALFINETOU

Ingrid Guimarães se pronunciou nesta sexta-feira (17) após uma série de polêmicas envolvendo o projeto de lei Paulo Gustavo, em homenagem ao falecido ator.

A atriz, que era amiga próxima do comediante, alfinetou Mário Frias, que alega ser contra a lei, por achá-la absurda. O projeto prevê injetar R$ 4,3 bilhões do orçamento do governo nos setores cultural e audiovisual.

Veja:

View this post on Instagram

A post shared by Caio Blat (@caio_blat)