Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EITA!

Samantha Schmutz detona Juliana Paes e revela sua versão sobre treta: "Falou besteira, delirou"

Quatro meses após confusão em público, ela revela os bastidores da troca de farpas que ganhou as redes sociais

Redação Contigo! Publicado em 03/10/2021, às 12h01

Samantha Schmutz detona Juliana Paes e revela sua versão sobre treta: "Falou besteira, delirou" - Reprodução/Instagram
Samantha Schmutz detona Juliana Paes e revela sua versão sobre treta: "Falou besteira, delirou" - Reprodução/Instagram

A atriz Samantha Schmutz não poupou Juliana Paes de críticas em uma entrevista publicada neste domingo (3) em que dá sua versão sobre a confusão que as duas protagonizaram em público.

Ela contou que tomou a iniciativa de fazer um alerta para a atriz após ela fazer um post em suas redes sociais em que justificava o desejo de não se posicionar.

"Queria alertá-la, por ter respeito e carinho por ela. Eu falei: 'Talvez, se você tivesse perdido alguém por Covid, como eu perdi o Paulo [Gustavo], você pudesse estar revoltada’. No fim, ela me expôs. Não queria ter uma conversa particular exposta. Mas ela acabou se expondo mais do que eu, porque falou besteira, delirou", relembrou ela para a colunista Monica Bergamo da 'Folha'.

A humorista disse que se sentiu atacada quando ela tornou uma discussão particular em um vídeo em público.

"Aquele texto que ela gravou [no vídeo] foi a resposta que me deu no WhatsApp. Pegou, copiou, botou no teleprompter e leu para as pessoas. Não entendi nada. Ela fala em polarização, mas tentou polarizar as pessoas contra mim. Reclama do discurso de ódio, mas está querendo provocar o ódio contra mim", disse.

ATAQUES

Após sua posição, Juliana Paes foi duramente atacada. Recentemente, ela também falou sobre os acontecimentos e a treta em público.  

"Fiquei instável, me desestabilizou. Pensei: "Fui respeitosa, não fui agressiva, o que pode ter feito surgir algo raivoso?". Talvez, tenha subestimado meu poder de opinião. Tomou uma  proporção maior do que eu  podia alcançar. Recebi mensagens de Brasília, de advogados, juízes. Minha assessoria fazer uma triagem do que era relevante ler. Porque era impossível ler tudo", disse ela ao jornal O Globo.