Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / REVELOU

Rodrigo Lombardi revela a parte mais difícil de ser jurado do The Masked Singer Brasil: "O nome não vem à cabeça"

No Encontro com Fátima Bernardes, o ator entregou a dificuldade de lembrar o nome de quem está cantando

Redação Contigo! Publicado em 19/08/2021, às 14h41

Rodrigo Lombardi entrega a parte mais difícil de ser jurado do The Masked Singer Brasil: "O nome não vem a cabeça" - Reprodução/TV Globo
Rodrigo Lombardi entrega a parte mais difícil de ser jurado do The Masked Singer Brasil: "O nome não vem a cabeça" - Reprodução/TV Globo

Rodrigo Lombardi contou qual a parte mais difícil de ser jurado do novo reality The Masked Singer Brasil.

Nesta quinta-feira (19), o ator foi ao Encontro com Fátima Bernardes e revelou mais detalhes sobre o programa.

"Cada dia é uma surpresa, tem muita surpresa boa. Assim como a Ceribelli que ninguém jamais pensou, eu acho que vai ter mais gente que não foi citada até agora", contou ele.

Fátima também perguntou para Rodrigo se já está sendo gravada a final e ele respondeu: "É, hoje é o último dia. São quatro na final, e ai vamos ver o que é. Pelo menos a produção falou que os ensaios foram incríveis e o shows estão demais".

O ator ainda contou a pior parte de ser jurado: "A pior coisa é quando a gente acha que sabe quem está cantando e o nome não vem à cabeça. A sensação que dá é que fizemos um eletroencefalograma e o resultado deu traço"

THE MASKED SINGER BRASIL

Sidney Magal alegrou o público na estreia de 'The Masked Singer Brasil' na última terça-feira (10). O cantor, de 71 anos, foi o primeiro participante a ser eliminado do novo reality show musical da Globo e falou sobre os problemas que enfrentou ao se vestir de cachorro-quente no programa.

Em entrevista ao 'TMZ', do Multishow, o artista revelou que ficou muito tempo com sua fantasia de 'dogão' e chegou a passar mal: "Nesse primeiro programa, obviamente, por causa dos acertos de luz, de câmera e tudo mais. A própria Ivete [Sangalo], balé e era muito movimento em cena. Teve um pouquinho de demora, porque tive que esperar 1h30 em pé sem poder sentar por causa da batata frita. E aí eu reclamei um pouco. Eu falei: 'gente, não vou aguentar não, estou sufocado aqui dentro'. Aí, eles entenderam. Mas eu sabia que ao longo do programa as coisas iriam melhorar", afirmou.