Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Revoltante!

Revoltadas, famosas reagem ao caso de anestesista que estuprou grávida: "Repugnante"

Artistas como Juliana Paes, Deborah Secco e Thelma Assis falaram sobre as cenas repugnantes do caso de um anestesista que estuprou uma grávida; confira

Redação Contigo! Publicado em 11/07/2022, às 18h26

Famosas mostraram sua revolta e comentaram sobre caso de anestesista que estuprou grávida; confira - Reprodução/Instagram
Famosas mostraram sua revolta e comentaram sobre caso de anestesista que estuprou grávida; confira - Reprodução/Instagram

Nesta segunda-feira (11), algumas famosas usaram as redes sociais para falar sobre o caso em que um anestesista estuprou uma grávida em trabalho de parto, no Rio de Janeiro. Revoltadas, artistas como Juliana Paes, Deborah Secco e Thelma Assis falaram sobre as cenas repugnantes.

Indignada, a atriz Deborah Secco contou que está dilacerada com o caso: "A violência sexual que uma mulher sofre durante o parto, num ambiente que deveria ser seguro, me dilacera. Tem que ter justiça!! E a nossa luta não pode parar, merecemos respeito. Todas nós!", disse ela, que é mãe de Maria Flor de 6 anos.

"Ter responsabilidade e empatia é não compartilhar o vídeo da mulher que sofreu violência sexual durante o parto. O que aconteceu me revoltou porque estamos sempre vulneráveis a todo tipo de violência, a qualquer momento. Toda a minha solidariedade a ela", escreveu a atriz Juliana Paes, ao saber do caso.

Campeã do BBB20, Thelma Assis, que também médica anestesista, fez questão de compartilhar seu horror diante do crime. "Já começamos a semana com essa notícia repugnante. Estou enojada. Minha solidariedade às mulheres que passaram por isso e que esse criminoso seja punido e banido da medicina", escreveu. 

A cantora, atriz e ex-BBB Maria também se revoltou com a situação: "Porque toda essa educação com um estuprador em flagrante? Gente preta e inocente morre por tão pouco e esse aí que estuprou uma mulher grávida em trabalho de parto ainda tem que ser avisado do que ele fez… sem estômago pra esse Brasil".

VEJA


SAIBA MAIS SOBRE O CASO

Nesta segunda-feira (11), o médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra foi filmado estuprando uma mulher grávida na sala de cirurgia. A vítima, que passava por uma cesárea, acabou recebendo uma dose alta de sedativo e ficou sem consciência do que estava acontecendo.

Nas imagens, divulgadas por uma reportagem do G1, Bezerra aparece abrindo o zíper da calça, colocando o pênis para fora e o introduzindo na boca da paciente. O anestesista foi preso em flagrante e se mostrou surpreso ao saber que estava sendo indiciado por estupro.

Não perca nenhuma notícia sobre as celebridades: siga a CONTIGO! no Instagram!