Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / PODEROSA

Revoltada, Duda Reis se pronuncia após vazamento de áudio íntimo e detona Nego do Borel: "Ele vai ser preso"

Em publicação nas redes sociais, ela soltou o verbo após mais uma confusão envolvendo o ex

Redação Contigo! Publicado em 18/01/2021, às 14h53 - Atualizado às 14h53

Duda Reis solta o verbo após vazamento de áudio polêmico
Duda Reis solta o verbo após vazamento de áudio polêmico - Reprodução/Instagram

 A influenciadora Duda Reis soltou o verbo nas redes sociais após um áudio polêmico ser vazado.

Na mensagem enviada a uma amiga, ela falaria de interesses por um rapaz. Revoltada com o vazamento, ela soltou o verbo contra Nego do Borel.

"Se ele continuar fazendo isso e quebrando todas as minhas medidas protetivas é cadeia. Não tem outra coisa. Ele vai ser preso", avisou.

Ela também aproveitou a oportunidade para dizer que também tem publicações comprometedoras.

"Confesso que estou vindo aqui muito sem paciência, muito sem saco. Um sujeito aí vazou um áudio meu que há muito tempo ameaçava vazar. Me xingava, inclusive toda a conversa já está com a polícia onde ele me xinga e ameaça vazar", contou. "Tenho todos os xingamentos, todos os prints, já está com a polícia. Eu tenho uma medida protetiva contra essa pessoa e ela não pode falar de mim, não pode comentar em publicações que eu esteja marcada, que é o que essa pessoa tem feito. Não pode ligar para pessoas ao redor para tentar falar comigo, o que tem feito", encerrou ela.

DECLARAÇÕES POLÊMICAS

No último domingo (17), Duda Reis expôs mais uma das situações abusivas que passou com Nego do Borel - dessa vez, ameaças de morte. Em entrevista ao Fantástico, a influenciadora revelou que não denunciou o ex-noivo antes por medo do que ele poderia fazer com ela e sua família.

Duda ainda chegou a relatar alguns dos episódios de agressão: "Eu estava dopada e ele vinha ter relação comigo, eu não tinha consciência. Quando tive consciência, fiquei muito mal. As agressões eram constantes, principalmente as verbais. 'Vai tomar no c*, vai se f*, vagabunda'. Ele quebrava as coisas da casa, quebrou uma porta no meio com cabeçada. Ele dizia que quebrava as coisas para não me quebrar. Ele me chutava e fiquei roxa na canela".

Por fim, o funkeiro se defendeu das acusações. "Estupro é muito sério. Não houve sexo sem consentimento. Isso é mentira, não sei porque ela está inventando isso. Não diminuía ela como mulher. Sempre fui amigo da Duda. Falava que ela era linda. A gente discutia de igual pra igual como um casal qualquer", finalizou.