Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESPEDIDA

Repórter da Globo por 39 anos, Alberto Gaspar desabafa após demissão repentina: “Triste perder tudo isso”

Jornalista agradece colegas de profissão e fala sobre "mudanças digitais" aceleradas durante a pandemia

Redação Contigo! Publicado em 08/10/2021, às 19h52

Repórter da Globo por 39 anos, Alberto Gaspar desabafa após demissão repentina - Reprodução/Facebook
Repórter da Globo por 39 anos, Alberto Gaspar desabafa após demissão repentina - Reprodução/Facebook

Nesta sexta-feira (08), Alberto Gaspar se pronunciou sobre demissão da TV Globo, após 39 anos de serviços prestados à emissora, a lamentou a saída.

O jornalista, que foi desligado na quinta-feira (07), se despediu do antigo do trabalho e agradeceu os colegas de profissão. Em texto publicado pelo colunista Flavio Ricco, o jornalista comentou as "mudanças digitais" aceleradas durante a pandemia da Covid-19.

“Claro que é triste perder tudo isso, de repente. E não só para mim, pelas manifestações de carinho e de certa perplexidade que tenho recebido. Eu só tinha sido dispensado uma vez, na vida, numa escolinha de inglês onde fui dar aula, aos dezoito anos, e faltei duas vezes. Morava longe. Duas alunas continuaram tendo aula particular comigo. Em todos os meus outros empregos, a ruptura partiu de mim, sempre por não estar feliz com o que fazia. Nunca foi o caso, na Globo.”, disse ele.

Sobre as mudanças, ele afirma: “E chegamos ao ponto. A era digital trouxe muitas mudanças, e muito rápidas, na TV e na mídia, de forma geral. Que a pandemia só acelerou. Foi engraçado, fazendo matérias em casa, durante um ano e meio, ouvir certos elogios de colegas jovens, que recebiam meu material, surpresos com o desempenho do veterano. “Como você se adaptou bem, faz bem.” Aí eu respondia: “experiência é tudo.” Trabalhei nas ruas e bastante, em casa, também, no exterior, onde representei orgulhosamente a TV Globo, por quatro anos. Adorei voltar ao Brasil e à redação de São Paulo, em 2009. E também no fim da longa quarentena, agora. Até postei no Facebook. Pena que a volta tenha durado tão pouco.”.

Ari Peixoto, que trabalhou na TV Globo durante 34 anos, também foi demitido ontem. Os dois entraram para o grupo de jornalistas que deixaram a emissora recentemente, como é o caso de Luís Fernando Silva Pinto, Fernando Saraiva e Roberto Paiva.