Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DECLARAÇÃO

Renata Capucci revela descoberta de doença neurodegenerativa rara: "Não me sinto diminuída"

Renata Capucci revela descoberta de doença rara em desabafo muito forte; leia

Redação Contigo! Publicado em 27/06/2022, às 07h47

Renata Capucci revela diagnóstico de doença neurodegenerativa rara: "Não me sinto diminuída" - Reprodução/Instagram
Renata Capucci revela diagnóstico de doença neurodegenerativa rara: "Não me sinto diminuída" - Reprodução/Instagram

A jornalista Renata Capucci revelou nesta segunda-feira (27) que recebeu precocemente o diagnóstico de uma enfermidade rara: a Doença de Parkinson.  

Aos 45 anos, ela fez uma revelação muito sincera para o podcast Isso é Fantástico, do Grupo Globo. 

"Pensei muito sobre este momento. Sabia que ele iria chegar e que vinha na hora certa, quando eu me sentisse exatamente como eu me sinto hoje: forte, confiante e feliz. Não é fácil. Mas não é o fim. Te convido a vencer o preconceito e a desinformação sobre essa e outras doenças neurodegenerativas que acometem tanta gente - como eu - no nosso podcast Isso é Fantástico", disse ela.

Na conversa, a jornalista lembra que sentiu os primeiros efeitos da doença durante as gravações do reality Popstar, exibido há quatro anos. "Chegou a minha hora, chegou a minha vez de me libertar. Porque viver com esse segredo é ruim. Você se sente vivendo uma vida fake, porque parte de você é de um jeito e você fica escondendo a outra parte de outras pessoas, no meu caso a maioria das pessoas, porque eu sou uma pessoa pública. Eu fui diagnosticada com doença de Parkinson em outubro de 2018, quando eu tinha 45 anos. Hoje, eu tenho 49", afirmou. 

Segundo Renata Capucci, no início era difícil entender o que estava acontecendo. Ela tinha dificuldades para perceber os primeiros sintomas da doença. 

"Eu estava no meio do programa Popstar, que eu participei, que eu cantava. Eu comecei com o diagnóstico um pouquinho antes. Eu comecei a mancar e as pessoas falavam para mim: ‘Por que você está mancando, Renata?’. E eu falava: ‘Eu não estou mancando’. Eu não percebia que eu estava mancando. Aí fui fazer fisioterapia, osteopatia e a coisa não mudou. E aí em um dado momento, no meio do Popstar, depois do sexto programa, eu estava em casa e o meu braço subiu sozinho, enrijecido. E o meu marido que é médico, logo depois do programa, me levou para um hospital que tinha emergência neurológica e eu fui diagnosticada com Parkinson. Aquilo caiu como uma bigorna em cima da minha cabeça."

"Só que eu estou aqui para dizer isso para vocês, para quem está ouvindo o podcast, porque eu estou viva. Quatro anos depois, eu estou bem, eu sou feliz. Eu não quero virar mártir. Eu não quero que tenham pena de mim. Ao contrário, eu tenho orgulho da minha trajetória. Eu tenho orgulho da maneira como eu encaro essa doença, porque eu encaro ela de frente hoje. Já passei por todas as fases, da depressão, da negação. Hoje, eu estou na fase cinco que eu olho essa doença de frente e eu falo assim: ‘Senhor Parkinson, eu tenho você, você não me tem’. Eu faço tudo o que eu posso de exercício, de remédio e eu tenho uma vida positiva. Eu me sinto feliz, apesar de tudo. Eu não sou café com leite por ter doença de Parkinson, eu faço todas as matérias. Não me sinto diminuída."

RARIDADE

A jornalista Renata Capucci encantou seus seguidores ao compartilhar uma foto atual da filha Lily, de 13 anos. A menina surgiu maquiada e sorridente na imagem e os fãs de Renata logo perceberam a semelhança física entre as duas.

Vários seguidores elogiaram a beleza delas e o quanto são parecidas: “Uma xeroz!”, “Linda igual a mãe”, “É a sua cara”, “Passei rápido achando que era você na foto, quando olhei de volta, era a sua xerox. Muito linda” e “É você todinha”.