Contigo!
Busca
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Youtube Contigo!Tiktok Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Tristeza

Ralf lamenta morte do irmão, o sertanejo Chrystian: "Não conseguimos nos despedir"

O cantor Ralf lamenta a morte do irmão, o sertanejo Chrystian; o artista faleceu na noite da última quarta-feira (19)

Gabriela Cunha

por Gabriela Cunha

gcunha_colab@caras.com.br

Publicado em 20/06/2024, às 08h26 - Atualizado em 21/06/2024, às 11h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cantor Ralf lamenta a morte do irmão, o sertanejo Chrystian - Reprodução/Instagram
Cantor Ralf lamenta a morte do irmão, o sertanejo Chrystian - Reprodução/Instagram

Ralf, de 63 anos, compartilhou sua tristeza pela morte do irmão, Chrystian, de 67 anos, na madrugada desta quinta-feira (20). O anúncio foi feito através de um postagem no Instagram, onde ele expressou sua dor pelo falecimento de sua ex-dupla.

"Meu irmão querido… Fizemos sempre o nosso melhor. Diante dos nossos compromissos, infelizmente não conseguimos nos despedir… mas tenho certeza que nosso 'Pai' te encaminhará na luz junto ao Senhor Jesus! Descanse em paz, meu irmão Chrystian", escreveu Ralf.

Com a mensagem, Ralf ainda compartilhou uma imagem em preto e branco onde ele e o irmão aparecem no palco, relembrando os momentos em que estiveram juntos na música. Chrystian e Ralf formaram uma das duplas sertanejas mais queridas do Brasil, com uma carreira que se estendeu de 1983 até 2021, quando decidiram se separar definitivamente.

A trajetória musical de Chrystian e Ralf começou na infância, mas foi em 1983 que lançaram seu primeiro projeto oficial. A dupla conquistou prêmios e reconhecimento tanto no Brasil quanto no exterior, marcando presença em trilhas sonoras de novelas icônicas como "Cavalo de Aço" e "O Rei do Gado". Em 2000, eles decidiram seguir carreiras solo, mas retornaram no ano seguinte com o álbum "De Volta". Permaneceram juntos até 2021, quando a separação definitiva foi anunciada.

Morte de Chrystian

O cantor Chrystian, que fez sucesso em dupla ao lado de Ralf, morreu aos 67 anos na noite desta quarta-feira (19), em São Paulo. Ele havia sido socorrido às pressas na manhã de ontem e transportado de helicóptero da Polícia Militar até o Hospital Samaritano, mas acabou não resistindo. O artista sofria de rim policístico, um distúrbio hereditário que faz grupos de cistos se desenvolverem no órgão.

Em nota enviada pela família, a causa da morte não foi revelada. Os parentes lamentaram a partida do artista e relembraram seu amor pela música, profissão que abraçou ainda na infância. Saiba mais!