Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Polêmica

Rainha Elizabeth II abre o jogo e se pronuncia pela primeira vez sobre renúncia de Harry e Meghan Markle

Monarca revelou o que achou do anúncio dos pombinhos, que abdicaram dos privilégios da Família Real

Redação Contigo! Publicado em 13/01/2020, às 14h24 - Atualizado às 14h27

Rainha Elizabeth II abre o jogo e se pronuncia pela primeira vez sobre renúncia de Harry e Meghan Markle - Reprodução/Instagram
Rainha Elizabeth II abre o jogo e se pronuncia pela primeira vez sobre renúncia de Harry e Meghan Markle - Reprodução/Instagram

A polêmica decisão de Harry e Meghan Markle ganhou um novo capítulo!

Nesta segunda-feira (13), através de um comunicado oficial no site da Família Real, a rainha Elizabeth II resolveu se pronunciar a respeito da renúncia de cargo do duque e da duquesa de Sussex, e revelou que apoia a atitude dos dois.

"Hoje, minha família teve discussões muito construtivas sobre o futuro de meu neto e de sua família. Minha família e eu apoiamos totalmente o desejo de Harry e Meghan de criar uma nova vida como uma família jovem. Embora prefiramos que continuem trabalhando como membros da Família Real em período integral, respeitamos e entendemos o desejo de viver uma vida mais independente como família, mantendo uma parte valiosa de minha família",escreveu ela.

Ela ainda fez questão de lembrar que os pombinhos manterão a ponte América do Norte e Europa: "Harry e Meghan deixaram claro que não querem depender de fundos públicos em suas novas vidas. Foi, portanto, acordado que haverá um período de transição em que os Sussexes passarão algum tempo no Canadá e no Reino Unido".

Por fim, a monarca contou que algumas coisas ainda serão definidas. "Esses são assuntos complexos para minha família resolver, e há mais trabalho a ser feito, mas solicitei que as decisões finais fossem tomadas nos próximos dias", concluiu.

ENTENDA

Nesta quarta-feira (8), príncipe Harry e Meghan Markle anunciaram que abrirão mão dos privilégios e obrigações como membros seniores da Família Real.

Um dos motivos para a decisão é porque os pombinhos pretendem se tornar financeiramente independentes.

"Após muitos meses de reflexão e discussões internas, optamos por fazer uma transição este ano, começando a desempenhar um novo papel progressivo dentro desta instituição. Pretendemos dar um passo atrás como membros 'seniores' da Família Real e trabalhar para nos tornar financeiramente independentes, enquanto continuamos a apoiar totalmente Sua Majestade, a Rainha. É com seu encorajamento, principalmente nos últimos anos, que nos sentimos preparados para fazer esse ajuste", anunciaram através do perfil oficial do casal no Instagram.