Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / ABSURDO

Preconceito no campo! Gabigol recebe apoio da família após sofrer racismo em jogo

A família do jogador Gabigol se manifestaram em apoio ao craque após sofrer racismo em partida de futebol onde foi chamado de "macaco"; veja

Redação Contigo! Publicado em 07/02/2022, às 21h00

Gabigol sofre racismo no campo no final do jogo e sua família se manifesta - Reprodução/Instagram
Gabigol sofre racismo no campo no final do jogo e sua família se manifesta - Reprodução/Instagram

Neste último domingo (06), Gabigol foi vítima de racismo no jogo que aconteceu contra o Fluminense, no estádio Nilton Santos. O ocorrido aconteceu no final do jogo, em um vídeo que está circulando na internet é possível ouvir gritos de “Macaco”, em direção ao jogador vindo de torcedores que estava no jogo. Sua família logo se pronunciou sobre a situação desagradável como atleta.

Nas redes sociais o pai do craque, Vlademir Silva falou sobre o ocorrido. "Sim, meu filho. Orgulho da nossa raça. Inadmissível", iniciou ele, postando um trecho do vídeo em que o filho é xingado. "Triste, muito triste, ver essas cenas com o nosso mundo tão evoluído. Deus ilumine e dê sabedoria para essas pessoas de corações tão amargurados".

O apoio da família não parou por ai, sua mãe, Lindalva Barbosa, também se manifestou ao compartilhar a publicação do jogador em sua conta que diz ele diz: "Até quando? Até quando isso vai acontecer sem punição? Jamais vou me calar, é inadmissível que passemos por isso!! Orgulho da minha raça, orgulho da minha cor!".

Sua Irmã caçula, Dhiovanna Barbosa finalizou  o apoio ao jogador com a seguinte mensagem: “Orgulho de nós”, afirmou ela deixando uma mensagem de carinho. Gabigol afirmou que não vai deixar passar o ocorrido e ira apurar o caso.

 O club do jogador se manifestou em sua pagina no twitter. "O Clube de Regatas do Flamengo repudia veementemente o episódio lamentável ocorrido na partida deste domingo com o atleta Gabigol, que foi vítima de racismo. O clube presta total solidariedade ao nosso atacante. Estaremos sempre ao seu lado, Gabi. Racismo é crime". Concluiu o Flamengo.

EITA

O jogador Gabigol está em Barra Grande, na Bahia para passar o Réveillon e já está causando muito nas festas que antecedem o ano novo. Segundo a colunista Fabia Oliveira, o craque está passando o rodo e foi visto beijando várias garotas diferentes, mas todas anônimas.