Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Participante do 'Ilha Record' detona Antonela após ela ser acusada de seduzir Pyong Lee: "Desumana"

Em post nas redes sociais, empresário que dividiu o reality com os dois detonou a atitude da argentina; veja

Redação Contigo! Publicado em 19/08/2021, às 10h07

Participante do 'Ilha Record' detona Antonela após ela ser acusada de seduzir Pyong Lee: "Desumana" - Reprodução/Instagram
Participante do 'Ilha Record' detona Antonela após ela ser acusada de seduzir Pyong Lee: "Desumana" - Reprodução/Instagram

Colega de Ilha Record da modelo Antonela Avellaneda, o empresário Claudinho Matos está revoltado com as atitudes da confinada.

É que ele não consegue aceitar que ela pode ter armado um jogo de sedução com Pyong Lee como estratégia para bombar na competição.

"Acabei de ver o que a Antonella disse ter feito e se isso for verdade ela é desumana. Primeiro de tudo, eu não acredito porque aconteceram algumas coisas, que eu não posso falar por enquanto, mas assim que eu puder falar, eu vou falar. Também não condiz com a história dela. Mas, se ela fez mesmo por marketing, ela é muito desumana", disse ele em um desabafo nas redes sociais.

Incrédulo, ele disse que ela acabou causando algo imperdoável. "Não é possível uma pessoa ser capaz de seduzir um cara que é casado por marketing! Ela acabou com o casamento do cara, com uma criança pequena. Não estou o defendendo porque ele está errado na parada, mas não dá para acreditar. Vergonhoso o que ela fez e eu teria vergonha de ser ela. Ridícula. Já estava feio pra ela toda a situação e ela conseguiu ainda piorar. Estou indignado", desabafou.

DESABAFO

Any Borges fez uma revelação intensa na última segunda-feira (16).  Durante uma live com o psicólogo Cleo Holanda, a DJ contou que passou por crises de ansiedade durante as gravações do 'Ilha Record'. Segundo ela, o jogo desencadeou um abalo em seu psicológico.

"No reality não conseguia comer. Tudo me dava ânsia. Eu achava que não ia conseguir ficar no jogo, pois não sabia jogar, meus amigos estavam saindo. Foi muito complicado. Quando estou assim gosto de fazer exercício e correr. Tinha dias que eu ficava correndo em volta do gramado igual uma doida, para descarregar a ansiedade. O pensamento também é muito importante", disse.