Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Pai de Duda Reis abre o coração após ajudar Nego do Borel: "Momento de muito sofrimento"

Médico deixou o orgulho de lado e abriu os braços para a filha após desavenças familiares

Redação Contigo! Publicado em 08/07/2020, às 10h12 - Atualizado em 14/07/2020, às 18h54

Pai de Duda Reis abre o coração após ajudar Nego do Borel - Reprodução
Pai de Duda Reis abre o coração após ajudar Nego do Borel - Reprodução

Pai de Duda Reis, o médico Luiz Fernando Barreiros falou pela primeira vez sobre a ajuda que deu ao namorado da filha, o funkeiro Nego do Borel.

Ele sofreu um grave acidente e contou com o apoio do sogro.

“Apenas interferi ajudando minha filha e seu noivo em um momento de muito sofrimento e fragilidade. Fiz o que nós médicos aprendemos desde o 1º dia de nossa formação. Dr. André Luís Pomar Couto, indicado por mim, além de ser um grande amigo e mestre é um grande e experiente profissional. Agradeço ao Dr. André por ter assumido o caso imediatamente ao meu pedido, à minha filha e por terem aceito e acreditado na minha indicação para o caso em questão. Desejo ao Leno Maycon (Nego) total e rápido restabelecimento”, disse para a colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Ele também esclareceu que está preparado para fazer as pazes com a filha.

“Nunca estivemos afastados, apesar da mídia sempre colocar isso. Temos uma excelente relação familiar. Sempre estaremos ao lado de nossas filhas, principalmente nos momentos mais difíceis”, declara.

No início da semana, nas redes sociais, o cantor falou sobre o drama que viveu

"Na semana do meu aniversário; posso dizer que eu renasci. Nem sempre entendemos o que Deus quer, mas não precisamos entender, precisamos confiar. Recebi uma segunda chance de vida. Para meus fãs, amigos e familiares, estou bem, fui recebido no hospital e muito bem atendido. Precisamos fazer uma leve operação no pé esquerdo que correu muito bem e que já já vai me deixar 100%! Deus é bom o tempo todo", escreveu o cantor que também teve ferimentos nas mãos.