Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Excesso de velocidade

Ônibus de Conrado e Aleksandro tinha mais de 180 multas

Tragédia anunciada? Ônibus que levava Conrado e Aleksandro no momento de acidente tinha ficha suja; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 11/05/2022, às 10h25

Ônibus de Conrado e Aleksandro tinha mais de 180 multas - Reprodução/Instagram e Reprodução/TV Globo
Ônibus de Conrado e Aleksandro tinha mais de 180 multas - Reprodução/Instagram e Reprodução/TV Globo

O ônibus que levava a dupla Conrado e Aleksandro tinha uma quantidade impressionante de multas de trânsito.

Segundo levantamento do programa Balanço Geral, o veículo já havia violado várias leis de trânsito e acumulava impressionantes 182 multas. A maioria delas foi por ultrapassar o limite de velocidade.

O acidente, ocorrido em uma estrada no interior do estado de São Paulo, fez com que o ônibus tombasse. Seis pessoas morreram, incluindo o sertanejo Aleksandro.

A equipe da dupla negou que o ônibus estivesse em alta velocidade no momento do acidente. "As imagens não condizem com o momento do acidente e, principalmente, não comprovam a velocidade do veículo no momento e, tão pouco, com o local da colisão. Estes fatos serão esclarecidos pela perícia, já que há uma série de informações contraditórias sendo veiculadas e todos os dados referentes a vídeos e ao acidente em si estão sendo investigados e periciados", explicam.

VÍDEO MOSTRA ÔNIBUS CORRENDO

Na manhã deste sábado (7), antes de acontecer o trágico acidente que tirou a vida do sertanejo Aleksandro, o ônibus que levava o cantor e seu parceiro de dupla Conrado foi flagrado em altíssima velocidade.

As imagens concedidas ao G1 mostram um motorista que estava atrás do veículo, indignado com a imprudência e prevendo a tragédia. Segundo o jornal, eles estavam a aproximadamente 130 km/h na rodovia Régis Bittencourt.

"Depois acontece um acidente e colocam a culpa sempre em outra coisa, mas a imprudência fala mais alto aqui! Ultrapassa caminhões como se fosse um carro pequeno", disse o rapaz no vídeo em questão.