Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / TRISTEZA

Avião em que Marília Mendonça estava pertenceu à dupla Henrique e Juliano

Segundo a assessoria de Marília Mendonça, a aeronave em que aconteceu o acidente fatal foi vendida pelos cantores em 2020

Redação Contigo! Publicado em 08/11/2021, às 16h25

O avião em que Marília Mendonça estava pertencia à dupla Henrique e Juliano - Reprodução/Instagram
O avião em que Marília Mendonça estava pertencia à dupla Henrique e Juliano - Reprodução/Instagram

O avião que levava Marília Mendonça na última sexta-feira (05), dia do acidente fatal, pertencia à dupla Henrique e Juliano.

A assessoria da cantora emitiu um comunicado nesta segunda-feira (08) esclarecendo alguns fatos relacionados ao caso. Entre eles, foi revelado que a aeronave dos cantores foi vendida para a empresa PEC Táxi Aéreo em julho do ano passado. A empresa prestava serviços para Marília

"Aeronave: Henrique & Juliano venderam a aeronave de modelo C90A, número de série LJ-1078, pouso convencional 2 motores turbo-hélice em 09 de julho de 2020 para empresa PEC Táxi Aéreo. É possível consultar o cadastro no registro aeronáutico brasileiro", explicou a equipe da cantora. 

A queda do avião de pequeno porte aconteceu em uma cachoeira na Zona Rural de Caratinga, em Minas Gerais. Além de Marília, o acidente deixou mais quatro mortos: o produtor Henrique Ribeiro, o tio e  assessor da cantora Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins e o copiloto Tarciso Pessoa.

ESCLARECIMENTO

A assessoria de Marília Mendonça explicou a confusão da última sexta-feira (05), quando chegaram a anunciar que a cantora estava a salvo depois do acidente que tirou sua vida.

Nesta segunda-feira (08), a empresa Textos + Ideias, que cuidava da assessoria de imprensa da sertaneja, enviou um comunicado com uma série de esclarecimentos a respeito da tragédia que vitimou a cantora.