Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SE IRRITOU!

Neto detona Tiago Leifert ao vivo após declaração polêmica: "Um tiro na sua cabeça"

Neto detona Tiago Leifert durante o 'Os Donos da Bola' ao vivo na Band ao comentar uma declaração polêmica do ex-contratado da Globo

Redação Contigo! Publicado em 07/06/2022, às 16h59

Neto detonou Tiago Leifert durante o 'Os Donos da Bola' ao vivo na Band - Reprodução/Band/Instagram
Neto detonou Tiago Leifert durante o 'Os Donos da Bola' ao vivo na Band - Reprodução/Band/Instagram

Na tarde desta terça-feira (07), Neto usou parte do 'Os Donos da Bola' na Band para mandar um recado ao apresentador Tiago Leifert. Ao se deparar com a polêmica declaração do ex-contratado da Globo sobre votar em Lula ou Bolsonaro na próxima eleição presidencial, o veterano resolveu se pronunciar.

Para quem não sabe, o famoso revelou que prefere levar um tiro a ter que escolher um dos políticos e deu o que falar nas redes sociais. Sem papas na língua, o ex-futebolista fez questão de expor o que pensa sobre o bafafá.

"Tiago Leifert, você não precisa dar um tiro na sua cabeça pra não votar no Lula. É só você não votar. Você não precisa votar no Lula, mas você votou no Bolsonaro", esculachou o famoso.

"Você vota em qual você quiser. Agora você não vai votar em ninguém, mas você não precisa dar um tiro na sua cabeça. O voto é importante no momento em que a gente se encontra, independentemente em quem você vai votar. Então, não precisa falar isso. Você influencia as pessoas", completou Neto.

TIAGO LEIFERT REBATE FELIPE NETO

Tiago Leifert fez mais um vídeo de desabafo após ser criticado por uma não-posição política. "Minha vida virtual não está muito legal. Desde sexta-feira tem sido bem chata, quando saiu uma entrevista minha em um podcast, Cara a Tapa", desabafou o famoso.

Ele prossegue, explicando que seu erro foi expor a opinião. "Eu cometi um erro grave, que foi falar como eu penso politicamente. Falei o que vou fazer em caso de segundo turno entre dois candidatos que estão em primeiro lugar nas pesquisas e disse que não voto em nenhum dos dois".