Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Realidade

Nathalia Dill desabafa sobre dificuldades do pós-parto e expõe realidade da maternidade: "Não podemos romantizar"

Atriz contou que teve problemas após o nascimento da filha e evita imagem idealizada; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 12/09/2021, às 10h18

Nathalia Dill desabafa sobre dificuldades do pós-parto - Reprodução/Instagram
Nathalia Dill desabafa sobre dificuldades do pós-parto - Reprodução/Instagram

Nathalia Dill abriu o coração sobre a realidade da maternidade neste domingo (12).

Em entrevista ao jornal O Globo, a atriz refletiu sobre o lado menos falado de ser mãe, incluindo a dificuldade do pós-parto.

"O meu pós-parto foi muito difícil. Tive laceração e precisei levar pontos. Fiquei duas semanas com dor. Minha irmã, que fez cesárea, teve a recuperação muito mais tranquila. Não que eu esteja defendendo a cesariana, imagina, mas acho que não podemos romantizar", revelou.

Além disso, ela sentiu muita diferença no corpo e quase caiu nas ilusões propagadas por "mães fitness" nas redes sociais: "Eva acabou de completar 8 meses, e as minhas calças ainda não cabem em mim. Isso é chato, mas não sei se quero ficar apegada ao corpo antigo. É um novo corpo. Vejo meu braço mais gordinho, a barriga estufadinha. Estou mais presente. Tinha aquela fantasia de que a mulher saía maravilhosa do parto normal, pronta para correr uma maratona. Pode até ser para algumas, mas comigo não foi bem assim".

A maternidade também afetou a vida sexual, mas a artista e o noivo, Pedro Curvello, acharam uma saída: "Em determinado momento, eu e Pedro nos olhamos e falamos: 'Cara, acho que acabou a nossa vida'. Agora, que Eva conquistou um pouquinho mais de autonomia, ela passa os domingos com meus pais. Quando estávamos no meio do furacão, não imaginávamos que seria possível voltar a ter momentos a dois".

OUTRO RELATO

Nathalia Dill abriu o jogo sobre um drama da maternidade no fim de agosto.

A atriz usou as redes sociais para contar que passou por uma situação bastante comum para as mamães: a bebê de sete meses Eva deu uma mordida no seio dela enquanto mamava.

"Tô aqui porque aconteceu uma coisa que eu temia desde o início. Os dentinhos da Eva nasceram e eu fui dar de mamar, e ela me mordeu. Saiu até sangue. Mas tô aqui para dizer que estou viva e estou bem", relatou.