Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Muito abalada, atriz presta homenagem ao namorado que foi encontrado morto: "Dor danada"

Após viver uma tragédia na vida pessoal, atriz posou ao lado do rapaz e falou em saudade; leia na íntegra

Redação Contigo! Publicado em 19/08/2021, às 07h51

Abalada, atriz presta homenagem ao namorado que foi encontrado morto:  "Dor danada" - Reprodução/Instagram
Abalada, atriz presta homenagem ao namorado que foi encontrado morto: "Dor danada" - Reprodução/Instagram

A atriz Carla Daniel publicou nas redes sociais nesta quinta-feira (19) uma tocante homenagem ao namorado, Sérgio Stamile. Ele foi encontrado morto em um parque na última semana.

Para se declarar ao músico, ela usou um texto do poeta Bráulio Bessa em que ele reflete sobre a saudade.

"Eu já vi muitos poetas falando sobre saudade, da dor que a danada causa e de sua crueldade. Meu resumo é mais miúdo, é a lembrança de tudo que faz falta de verdade. Quem tem um pé de saudade no vaso do coração, adubado de lembrança, regado de solidão, vê a raiz se espalhar, sem conseguir respirar, vai bater no pulmão. Saudade é uma inquilina que aluga nossa mente, sem contrato de aluguel, sem nos pagar mensalmente, e ligeiro se revela, que a gente mora nela, e ela mora na gente. A Saudade se espalha na alma, feito alergia, quanto mais a gente coça, parece até que dá cria. Uma doença comum que atinge qualquer um que já foi feliz um dia", diz um dos trechos do texto.

Em outro trecho, o texto diz que ainda é difícil lidar com a perda de alguém próximo.

"Há quem viva nessa vida, poupando tudo o que tem, se ocupando em deixar carro, moto, ou outro bem, mas lhe digo uma verdade, bom mesmo é deixar saudade, no coração de alguém. A medicina, a medicina evolui, pro bem da sociedade, vi cientistas curando tudo o que é enfermidade, mas até hoje eu duvido inventarem um comprimido pra aliviar a saudade. Por mais que seja cruel, não age com preconceito, pelo menos nesse ponto admiro seu conceito, baseado em igualdade, tem um tipo de saudade pra todo tipo de peito. Falando em peito, se abrir um coração e revirar pelo avesso, tem um mapa de um tesouro que ninguém conhece o preço, tem rua, bairro e cidade, afinal toda saudade tem um nome e um endereço", encerra o texto.

TRISTEZA

Sérgio Stamile tinha apenas 41 anos e foi encontrado morto por policiais militares do 23º BPM (Leblon), no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador, na Zona Sul do Rio.

"Meu grande amor me deixou hoje. Estou com o coração partido. Queria tanto mais juntos, mas agradeço todos os momentos que tivemos. O bem que você me fez, sua generosidade, sabedoria. Encontro de almas literalmente. Te amo para sempre. Meu grande amor e todo seu enorme coração que você me permitiu senti-lo totalmente ficará sempre na minha alma", declarou a atriz.

Veja: