Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / TRISTEZA

Morte de Ludmila Ferber gera comoção no meio gospel: "Tempo de dor acabou"

Morte de Ludmila Ferber gerou onda de homenagens nas redes sociais; grandes nomes lamentaram a partida da estrela gospel

Redação Contigo! Publicado em 27/01/2022, às 14h44

Morte de Ludmila Ferber gera comoção no meio gospel: "Tempo de dor acabou" - Reprodução/TV Globo
Morte de Ludmila Ferber gera comoção no meio gospel: "Tempo de dor acabou" - Reprodução/TV Globo

Morreu nesta quarta-feira (26) a pastora e cantora gospel Ludmila Ferber, um dos grandes nomes do gênero. A notícia foi publicada nas redes sociais pela Sony Music Gospel, gravadora da estrela.

Sem maiores detalhes, a nota de pesar lembra a carreira vitoriosa da profissional.

"Infelizmente a nossa guerreira nos deixou, mas aqui fica o seu legado, suas canções, seu exemplo, sua tenacidade, seu propósito, sua luta, sua fé, sua arte, sua poesia e sua história! Nossos sentimentos aos familiares. Que Deus console a todos que de alguma forma conviveram com nossa querida pastora! Agora já pode parar de lutar. Descanse em paz!", afirmou na rede social.

COMOÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Nas redes sociais, a morte gerou uma onda de homenagens. O ex-marido da pastora, José Lino, comoveu os fãs ao falar da perda. "Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor", escreveu. 

Diretor musical da cantora, Maurício Soares também se despediu em uma postagem emocionante.  "Nosso último papo foi a poucos dias atrás. Falamos do tratamento, da saúde, do retorno às agendas, do projeto de músicas inéditas que estava em meio ao processo de produção e ainda do que faríamos nos próximos anos. A morte se mostrava próxima, mas especialmente a Ludmila fazia questão de ignorá-la e seguir adiante. Infelizmente não foi suficiente", declarou ele que ainda disse que "o tempo de dor acabou".

A cantora e amiga Fernanda Brum foi outra que homenageou a estrela. "Meu amor, minha dor, minhas orações, minhas lágrimas, meu grito da alma, minha saudade. Mila, minha amiga, meu coração. Você foi, você é, nossa amizade, seu ministério. São tantas histórias e lembranças que não cabem num post, numa foto. Temos uma vida e um legado. Eu amo você, o que você deixou de aprendizado. Sua vida foi exemplo e esperança. Minha gratidão a Deus pelos momentos que vivemos, que ministramos juntas", declarou.

Apesar do motivo da morte não ter sido revelado, ela lutava desde 2018 contra um câncer.

"Em tempos de guerra, nunca pare de lutar [...] Sou grata por todo apoio que tenho recebido desde o diagnóstico", chegou a publicar recentemente.