Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Marido de Paulo Gustavo faz desabafo sincero após quadro clínico se manter grave: "Medicado pra aguentar esperar"

Em longo texto publicado nas redes sociais, médico reflete sobre o momento de expectativa que ele vive

Redação Contigo! Publicado em 27/04/2021, às 08h23

Marido de Paulo Gustavo faz desabafo sincero após quadro clínico se manter grave: "Medicado pra aguentar esperar" - Reprodução/TV Globo
Marido de Paulo Gustavo faz desabafo sincero após quadro clínico se manter grave: "Medicado pra aguentar esperar" - Reprodução/TV Globo

Marido do ator Paulo Gustavo, o médico Thales Bretas publicou um desabafo sincero nas redes sociais na noite desta segunda-feira (26). Ele comemorou que o humorista não apresenta novas complicações.

"Estamos de braços dados, juntos nessa caminhada em direção à luz! O caminho tortuoso não vai importar quando estivermos vivendo novas alegrias e agradecendo a vitória! Estou muito ansioso, mas já medicado pra aguentar esperar o que precisar pra te carregar comigo pra casa! Que saudade da sua presença tão forte e alegre! Tenho muita fé que voce vai melhorar logo, e eu vou estar firme te esperando! Te amo!", afirmou ela.

Ao fim, ele pediu que o ator volte logo para casa e para a companhia dos filhos.

"Volta logo pra mim! Vamos comemorar juntos mais essa vitória, viver mais sonhos. 'Quando se sonha sozinho é apenas um sonho. Quando se sonha juntos é o começo da realidade' (Cervantes)", ainda escreveu Thales.

Também nesta segunda, um novo boletim médico contou que o ator está com uma pneumonia bacteriana. Ele segue em estado grave, mas sem alterações no quadro clínico.

“Em alguns momentos, o paciente mostra sinais discretos de interação com o meio, apesar do uso de sedativos. A família do ator agradece muito todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus”, diz um dos trechos do comunicado enviado à imprensa.

Veja: