Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / DESABAFO

Mãe do menino que morreu após cair de prédio desabafa: ''Fosse o contrário, não teria direito de fiança''

Desolada, a doméstica pediu justiça após patroa colocar o filho sozinho em um elevador

Redação Contigo! Publicado em 04/06/2020, às 16h44 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Após tragédia, mãe do menino que morreu após cair de prédio desabafa - Reprodução
Após tragédia, mãe do menino que morreu após cair de prédio desabafa - Reprodução

Mãe do menino Miguel, morto após cair de um prédio de luxo enquanto a mãe trabalhava como emprega doméstica, Mirtes Renata Souza deu um depoimento comovente após a tragédia.

"Se fosse eu, meu rosto estaria estampado, como já vi vários casos na televisão. Meu nome estaria estampado e meu rosto estaria em todas as mídias. Mas o dela não pode estar na mídia, não pode ser divulgado", disse à TV Globo.

No depoimento, ela disse que espera justiça. O menino caiu quando foi colocado sozinho em um elevador pela patroa.

Ele parou em outro andar e despencou de uma altura de nove andares.

"Espero que a Justiça seja feita, porque se fosse o contrário, eu acredito que nem teria direito a fiança. Foi uma vida que se foi, por falta de paciência para tirar dali de dentro. Deixar uma criança sozinha dentro de um elevador, isso não se faz. Uma criança que foi confiada a ela".

No momento, a patroa passeava com os cães da família, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker, e da mulher dele.

A esposa do prefeito pagou uma fiança de R$ 20 mil.