Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / SOLIDÁRIA!

Revoltada, Luisa Mell oferece ajuda judicial à mãe de Miguel: ''Quero ajudar a pagar um advogado''

A ativista pretende pagar um advogado a Mirtes Renata, para ajudá-la a conseguir justiça pela morte do filho

Redação Contigo! Publicado em 05/06/2020, às 11h53 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Luisa Mell oferece ajuda judicial à mãe de Miguel: ''Quero ajudar a pagar um advogado'' - Reprodução/Instagram
Luisa Mell oferece ajuda judicial à mãe de Miguel: ''Quero ajudar a pagar um advogado'' - Reprodução/Instagram

Na última quinta-feira (4), Luisa Mell foi às redes sociais e revelou que está disposta a pagar um advogado a Mirtes Renata, mãe de Miguel - o menino que morreu após cair do nono andar de um prédio, em Recife, por negligência da patroa Sari Corte.

A ativista se mostrou revoltada com o caso e garantiu que pretende ajudar judicialmente.

"Queremos justiça para Miguel. Por favor, quem conhecer a mãe, entre em contato comigo. Quero ajudar a pagar um advogado para o caso. Me ajudem a não deixar esta mulher ficar impune porque é rica e influente", disparou ela no Instagram.

Sari chegou a pagar uma fiança de R$ 20 mil e foi solta logo em seguida, o que deixou Luisa bem desacreditada: "Para meu espanto, a polícia e imprensa não estão divulgando o nome dela. Parece que é esposa de político do Estado. Uma vergonha! E se fosse o contrário?".

Por fim, Mell ainda usou a hashtag "Justiça por Miguel".

RACISMO

Na última terça-feira (2), Luisa Mell se envolveu em uma polêmica após o perfil de sua loja compartilhar uma arte com a frase "Toda Vida Importa", em apoio à vida animal - essa expressão, no entanto, é usada em oposição ao movimento Vidas Negras Importam, que luta contra o racismo.

Devido à situação atual, apoiadores do grupo em questão se sentiram ofendidos e acusaram a loira de racismo.