Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / EMOÇÃO

Lima Duarte brinda a chegada dos 91 após vacinação e alfineta Jair Bolsonaro: "O que tem acontecido conosco?"

Isolado, ator disse que se sente muito bem protegido após ser imunizado com a vacina fabricada pelo Instituto Butantã

Redação Contigo! Publicado em 29/03/2021, às 15h45

Lima Duarte brinda a chegada dos 91 após vacinação e alfineta Jair Bolsonaro - Reprodução/Instagram
Lima Duarte brinda a chegada dos 91 após vacinação e alfineta Jair Bolsonaro - Reprodução/Instagram

O ator Lima Duarte fez um desabafo sobre a situação do país em uma entrevista rara.

Recém-vacinado com as duas doses, o ator de 91 criticou o presidente Jair Bolsonaro.  A revelação foi publicada pelo jornal Extra.

"Penso nos netos, nos filhos, o que tem acontecido conosco? Pragas, tragédias, vírus, a presidência… Nossa Senhora, quantas bobagens e mentiras temos visto. É de uma grosseria brutal. O homem (Jair Bolsonaro) falou que a vacina da China não presta. Mas eu estou me sentindo muito bem vacinado. A China é a China, eu conheço e amo a sabedoria oriental. Mas também não posso reclamar de nada", declarou ele que reconheceu que tem o privilégio de estar isolado durante a pandemia.

"Estou preso há um ano, não saio desse paraíso (o sítio) para nada. Ouço música e leio o dia inteiro. Também vejo novelas antigas. Porque me lembro o que aconteceu além das cenas. Você não queira saber o que é, ou melhor, o que eram os Estúdios Globo. Orgulhos, egos, ódios, amores, tudo no mesmo lugar (risos)", declarou ele.

Nesta segunda,  data em que ele completa 91 anos, o ator também fez uma reflexão sobre a vida.

"Hoje eu brindo os meus 91 anos muito bem vividos! Foram tantos momentos, histórias e personagens que moldaram o que eu sou. Thomas Mann diz que vivemos duas vidas. Uma é essa objetiva: nasceu, amou, trabalhou, morreu. A outra é a memória, que é a mais longa. Ultimamente eu tenho vivido muito na memória, lembrando da minha jornada no teatro, TV e cinema, minha infância, minha mãe, lembranças e lembranças. Com 91 anos a minha vida já está acabando, mas a memória vai persistir!", garantiu.

Veja: