Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DECLARAÇÃO

Leo Dias desabafa após se ver no centro do drama de Klara Castanho: "Oportunidade de repensar"

Leo Dias desabafa após Klara Castanho revelar que sabia da história há tempos e que ficou "perplexo"

Redação Contigo! Publicado em 25/06/2022, às 21h30

Leo Dias desabafa após se ver no centro do drama de Klara Castanho: "Oportunidade de repensar" - Reprodução/Instagram
Leo Dias desabafa após se ver no centro do drama de Klara Castanho: "Oportunidade de repensar" - Reprodução/Instagram

O jornalista Leo Dias publicou um desabafo em suas redes sociais neste sábado (25) após a atriz Klara Castanho revelar publicamente que foi vítima de uma violência sexual.

Em um relato sincero, ele disse que sabia da notícia há tempos, mas que a chegada do caso às suas mãos gerou uma reflexão. 

"Por vezes algumas, matérias surgem nas redações e nos deixam perplexos. O impacto que nos causa é tão grande que nos faz hesitar entre ignorar o assunto ou torná-lo público. Questões dolorosas que nos deixam pensativos, tristes, ao mesmo tempo em que nos fazem pensar que alguns dramas acontecem com frequência e, muitas vezes, no anonimato", declarou.

Ele também explicou porque não tornou a história pública. "A decisão entre tornar público ou deixar em silêncio algumas pautas envolve mais do que a ética ou a fofoca, nos traz a oportunidade de repensar o sofrimento silenciado por mães, por vítimas de abuso e crianças. Esta história envolvendo Klara Castinho, de 21 anos, que a coluna LeoDias já sabia há muito tempo, foi uma delas", disse.

Veja:

A DOR DE KLARA CASTANHO

Após rumores, a atriz Klara Castanho se pronunciou neste sábado (25) e revelou que gerou um bebê após um estupro. Em um relato visceral, a atriz escreveu uma carta aberta e disse que entregou o bebê para a adoção..

A jovem, de apenas 21 anos, explicou que a gravidez aconteceu após um crime e que ela só descobriu que esperava uma criança no final da gestação, e por isso, optou por dar o bebê à adoção.

"Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo. No entanto, não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que eu sofri. Eu fui estuprada", disse ela em um dos trechos.