Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SAUDADE

Henrique fala sobre processo de luto da mãe de Marília Mendonça: “Fortaleza”

Henrique, da dupla com Juliano, fala sobre mãe de Marília Mendonça e diz que Dona Ruth transformou dor em força

Redação Contigo! Publicado em 13/06/2022, às 20h47

Henrique fala sobre processo de luto da mãe de Marília Mendonça - Instagram
Henrique fala sobre processo de luto da mãe de Marília Mendonça - Instagram

O cantor Henrique, da dupla sertaneja Henrique e Juliano, emocionou ao falar sobre a relação que tem com Ruth Dias, mãe da cantora Marília Mendonça, sua amiga de longa data que faleceu em novembro do ano passado, após um trágico acidente de avião.

Em conversa com o colunista Leo Dias, do Metrópoles, o músico, junto de Henrique, comentou sobre o dia em que gravaram para o canal de culinária de Dona Ruth. Sem esconder a admiração que sente por ela, ele comentou a força que a mãe da Rainha da Sofrência teve para conviver com o luto da filha.

“Eu tenho eu [como exemplo], as pessoas pegaram a Dona Ruth como mãe. Todo mundo sente esse lado maternal dela, sente como filho dela. Porque segurar aquela dor e mostrar a fortaleza que ela é todos os dias é inspirador. A Tia Ruth é inspiradora”, disse Henrique.

O sertanejo ainda contou que passou a noite quase toda ao lado da avó do pequeno Léo. Isso porque ele acabou se atrasando para as gravações e eles precisaram estender as filmagens para terminar tudo a tempo.

“A gente chegou (em casa) 10h (depois de um show). Foi domingo, mas segunda eu já tinha reunião no escritório e eu fiquei lá até às 19h30 e só consegui sair de casa às 21h. Eu cheguei lá umas 22h, só começamos a gravar às 23h e saímos de lá às 9h”, explicou.

ARMADO?

O sertanejo Henrique, da dupla com Juliano, esqueceu um objeto no mínimo perigoso num quarto de hotel. Segundo informações do UOL, o cantor deixou uma pistola dentro de um hotel em que se hospedou na cidade de Americana.

Depois de se apresentar na festa do peão do município, ele fez o checkout, mas a arma ficou. O objeto foi encontrado pelos funcionários do local e um dos seguranças da dupla, um tenente-coronel de Goiás, entrou em contato dizendo que a arma era dele. Mesmo assim, o hotel chamou a polícia.