Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / PLANOS

Gracyanne Barbosa revela planos de engravidar em 2020: ''Começar a planejar''

A musa fitness contou sobre os planos para o ano que vem

Redação Contigo! Publicado em 30/10/2019, às 08h57 - Atualizado às 08h58

Gracyanne Barbosa e Belo - Instagram
Gracyanne Barbosa e Belo - Instagram

Gracyanne Barbosa e Belo marcaram presença no Prêmio Multishow, que aconteceu na noite desta terça-feira (29).

Em entrevista para a imprensa, o casal revelou que quer dar mais um passo no casamento: ter um herdeiro.

Durante a conversa, a musa fitness falou sobre a correria deste ano de 2019 e, para o ano que vem, Gracyanne Barbosa pretende ser mais 'tranquila' e conseguir realizar os planos futuros: 

“Quero ficar mais tranquila, poder curtir a casa, os cachorros e a família e quem sabe começar a planejar para ter um filho”.

BRIGA JUDICIAL ENTRE BELO E DENILSON

Beloquebrou o silêncio sobre a polêmica com o ex-jogador de futebol,Denilson.

Os dois estão em uma briga judicial, em um processo movido pelo ex-atleta há anos e só agora, em entrevista ao programa ‘A Tarde é Sua’, da RedeTV! na última segunda-feira (28), o pagodeiro falou sobre o assunto.

O marido deGracyane Barbosa afirma que estão fazendo uma tempestade em copo d’água, e Denilson está indo atrás do que ele ‘acha que tem direito’: 

“Então, isso é uma briga judicial no qual o Denílson está indo buscar os direitos, que ele acha que ele tem, na relação do Soweto e tudo mais. E eu também estou com meus advogados, estou correndo atrás disso. Com certeza, já existe muita coisa que já foi quitada”, iniciou.

“Então, o valor, então. A causa, é essa a discussão. Sobre a multa rescisória, tal. É uma coisa que também corre no sigilo da Justiça. Acho que o Denílson fala o que ele acha que tem que falar e estou indo brigar. Estou trabalhando, como sempre, e estou indo buscar os meus direitos também”.

Belo também falou sobre um possível congelamento em seus cachês:

“Existe algumas coisas sim que são bloqueadas e alguns dos meus direitos perante a gravadora, essas coisas, mas cachê de shows não pode fazer isso. Porcentagem é discutível, mas a gente tem que discutir. Por isso que estou te falando, às vezes a gente fala alguma coisa sem conhecimento”, explicou.

“Por isso está nas mãos dos meus advogados. Tenho um departamento jurídico e um departamento administrativo. Este processo tem mais de 20 anos e espero que se resolva. Vai resolver em breve”, concluiu o músico.