Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / TV

Globo emite comunicado após ausência de Ana Maria Braga no 'Mais Você'

Em pronunciamento oficial, emissora justifica ausência de Ana Maria que preocupou fãs

Redação Contigo! Publicado em 31/01/2020, às 13h51 - Atualizado às 13h51

Globo emite comunicado após ausência de Ana Maria Braga no 'Mais Você' - Reprodução
Globo emite comunicado após ausência de Ana Maria Braga no 'Mais Você' - Reprodução

A ausência de Ana Maria Braga no Mais Você desta sexta-feira (31) segue repercutindo nas redes sociais.

Após os fãs demonstrarem preocupação, a TV Globo se pronunciou sobre o tema. Tranquilizando os fãs, a emissora emitiu um comunicado oficial afirmando que a titular da atração antecipou o período de férias.

"A apresentadora Ana Maria Braga optou por antecipar suas férias para descansar. A partir de segunda, dia 3, durante seu período de férias, Fabricio Battaglini e Patricia Poeta apresentarão o programa", afirma.

Ana Maria foi substituída pela repórter Thalita Morete.  "Hoje a Ana não pôde estar aqui com a gente. Ela tá bem, mas se permitiu tirar uma folguinha hoje para dar uma descansada, que é melhor para ela", contou ela na abertura do programa.

EM TRATAMENTO

A apresentadora tornou pública a nova batalha contra o câncer em um depoimento no Mais Você, da Globo. Ela revelou que teve outros dois pequenos tumores no passado e conseguiu retirá-los. No entanto, desta vez, não é possível operar e, assim, fará um tratamento que une quimioterapia e imunoterapia. 

Ana Maria Braga já fez o primeiro ciclo do tratamento no último dia 24 de janeiro e disse que temia não conseguir voltar ao trabalho nesta segunda-feira, mas se sentiu bem e foi apresentar o programa ao vivo. Os próximos ciclos vão acontecer a cada 21 dias. 

"Só recordando um pouquinho, eu tive dois pequenos cânceres de pulmão no passado e vocês me deram força, um foi operado e outro foi tratado com radiocirurgia. Agora, infelizmente, eu fui diagnosticada com outro câncer de pulmão. É um adenocarcinoma, semelhante aos outros, mas é mais agressivel, e não é passível de cirurgia ou de radioterapia", disse ela, ao vivo.