Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / ACEITAÇÃO

Gizelly Bicalho conta que sofreu bullying até adolescência devido a uma pinta no rosto: "É meu chame"

A web apoiou a ex-BBB: "Essa pinta é a coisa mais linda que tem juro"

Redação Contigo! Publicado em 10/09/2020, às 14h50

Gizelly Bicalho - Reprodução/ Instagram
Gizelly Bicalho - Reprodução/ Instagram

Caramba! Nesta quinta-feira (1)), a ex-BBB Gizelly Bicalho falou sobre aceitação em relação ao próprio corpo, um assunto relevante acerca dos debates sobre pressões estéticas.

"Na infância e adolescência, eu sofri bullying por conta dessa minha pinta na testa e, por isso, sempre fiz questão de escondê-la. Minha mãe e minha vó falavam que era meu “charme”, mas eu nunca concordei", disse Gizelly, que sentia vergonha pela marquinha na testa. 

Ela ainda concluir: "Somente na vida adulta, com o autoconhecimento e autoaceitação, eu consegui entender que cada um de nós tem características e peculiaridades. Sim! Ela é meu chame, né, vó?".

A web apoiou a ex-BBB: "Essa pinta é a coisa mais linda que tem juro", disse uma fã. "Perfeita aos olhos do pai e toda população brasileira", brincou outra seguidora, "Sua marca registrada", comentou outra internauta.

CANCELADA

Gizelly Bicalho foi duramente criticada nas redes por 'furar' a quarentena e reunir uma grande turma de amigos.

Em seu perfil no Twitter, a ex-sister explicou a situação após surgir em foto com outras sete pessoas. Ela também desabafou e disse que não aceita o que chama de 'indústria do cancelamento'. "Ei, gente! Postaram fotos da casa que estou em Iriri. Não cancelei e nem vou cancelar ninguém. Apareceu muita gente aqui e continua aparecendo. E quem quiser participar da indústria do cancelamento, que Deus abençoe, porque eu não aceito", disse ela, que lamentou a reação nas redes.

Veja: