Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Giulia Be desabafa e faz relato sobre perseguição na internet: “Uma hora cansa”

Giulia Be diz que decidiu ressignificar atitudes ruins através de sua arte e dá aula sobre empoderamento feminino

Redação Contigo! Publicado em 15/12/2021, às 19h26

Giulia Be desabafa e faz relato sobre perseguição na internet - Instagram
Giulia Be desabafa e faz relato sobre perseguição na internet - Instagram

A cantora Giulia Be usou as redes sociais nesta quarta-feira (15) para fazer um longo desabafo sobre a perseguição vivida na web. Através de uma carta aberta, a artista fez um relato comovente sobre empoderamento feminino.

A jovem usou como exemplo a cantora internacional Taylor Swift. Ela relembrou que, em 2015, a artista decidiu usar a perseguição que sofria na mídia para criar um personagem e estourar com uma de suas canções.

Percebi que a maioria das pessoas tem a tendência a acreditar na melhor versão da história que lhes é contada, mas poucas vezes paramos de fato para pensar nas consequências ou na veracidade daquela informação. Esse ano eu vi inúmeras mulheres sendo caçadas pelo júri da internet, vi autoestimas e relacionamentos sendo destruídos por algo que, na maioria das vezes, fugia 100% do controle da pessoa atingida, vi rivalidades sendo criadas por narrativas fora de proporção e acirradas por palavras fora de contexto, e acima e além de tudo isso eu vi muitas mulheres que apenas queriam contar o seu lado da história serem completamente invalidadas por massas de desconhecidos ou homens em altas posições de poder. E uma hora cansa, né?

A artista explicou ainda que, após o longo ano, decidiu seguir os mesmos passos da ídola e montar seu próprio show. Ela contou que usou a arte para ressignificar a história através de uma canção romântica, que terá um clipe, dirigido por ela mesma, livre de rivalidade feminina.

“Espero que ele te entretenha, te faça dar risada, te faça refletir, e acima de tudo espero que ele te inspire a nunca mais ter medo de tomar as rédeas da sua verdade por receio do que os outros vão pensar ou inventar. Para finalizar, desejo que 2022 seja o ano da mulher livre. Que possamos nos sentir libertas para simplesmente fazer o nosso trabalho como muitos homens têm feito por anos sem medo de serem julgados ou mal interpretados”, disse a musa.

“Que possamos ser artistas, empresárias, escritoras, e o que bem mais quisermos ao tomar posse das nossas diversas histórias e conquistas. Que possamos ser lembradas e celebradas da maneira que nós escolhermos. Que 2022 seja o ano para nós “meninas soltas” mostrarmos de uma vez que de fato, eles terão que superar (ah, ah, ah), essas mulheres livres e incríveis”, escreveu a cantora.

Veja: