Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Detonou

Flordelis critica comentários maldosos de evangélicos por morte de Paulo Gustavo: "Não é castigo de Deus"

Cantora ainda cobrou mais eficiência na vacinação contra a Covid-19; veja

Redação Contigo! Publicado em 08/05/2021, às 20h37

Cantora ainda cobrou mais eficiência na vacinação contra a Covid-19; veja
Cantora ainda cobrou mais eficiência na vacinação contra a Covid-19; veja - Reprodução/TV Globo/Instagram

Na última sexta-feira (7), a cantora gospel, pastora e deputada federal Flordelis ficou indignada com alguns comentários maldosos de evangélicos sobre a morte de Paulo Gustavo.

Em suas redes sociais, ela publicou um vídeo fazendo criticas aos que estão classificando a morte do artista como “castigo de Deus” por conta de piadas feitas por ele sobre a bíblia no filme Minha Vida em Marte (2018), bem como por sua orientação sexual.

Infelizmente alguns evangélicos que não me representam e não representam a maioria dos evangélicos desta nação foram para a mídia falar que [a morte] foi um castigo de Deus. Não foi! É falta de vacinação na população, precisam vacinar a população”, disparou ela.

“O cantor Lázaro, cantor gospel, evangélico, servo de Deus, vereador, ex-deputado federal, também morreu vítima da covid-19. Quem não se lembra da cantora Fabiana Anastácio? Evangélica, pastora e também morreu vítima da Covid. Isso não é castigo de Deus, isso é uma pandemia que está acontecendo no nosso país, está acontecendo no mundo”, acrescentou.

A deputada federal ainda cobrou mais eficiência na vacinação contra a Covid-19. “Se tem vacina para comprar, vamos lá gente, vamos correr atrás de cobrar a compra dessas vacinas, seja na Rússia, seja na China, seja onde quer que esteja a vacina. O povo precisa, o povo tem direito à vida, que essa seja uma das últimas mortes neste país."

As UTIs estão lotadas e cadê as vacinas? Está faltando vacina no nosso país, então estou aqui brigando, falando que você precisa descruzar os braços e cobrar de quem é de direito o direito pela vida”, finalizou.

TRAGÉDIA

Faleceu na última terça-feira (4) no Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, o ator e humorista Paulo Gustavo, um dos mais queridos profissionais da TV e do cinema no Brasil. Aos 42 anos e no auge da carreira, ele foi uma nova vítima da Covid-19.

No comunicado enviado à imprensa nesta noite, a família conta que ele faleceu às 21:12h após dois meses de muita luta contra a doença.