Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Foi para a justiça

Filho de Compadre Washington explica processo contra o pai: "Se for preso, lamento"

Sem pensão: Luiz Felipe, filho de Compadre Washington do É o Tchan cobra na justiça e expõe relação distante; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 13/06/2022, às 10h25

Filho de Compadre Washington expõe detalhes de processo contra o pai e dispara - Reprodução/RecordTV e Reprodução/Instagram
Filho de Compadre Washington expõe detalhes de processo contra o pai e dispara - Reprodução/RecordTV e Reprodução/Instagram

O filho do cantor Compadre Washington esclareceu neste domingo (12) o processo para que o pai pagasse a pensão.

Em entrevista ao Domingo Espetacular da RecordTV, o jovem Luiz Felipe, de 20 anos, contou detalhes da relação distante com o vocalista do É o Tchan.

"Se meu pai for preso, eu lamento", começa. "É triste, não é um pai presente, não o tive na minha formatura".

Luiz relata que ele se encontrou pela última vez com o pai no começo de 2021 e que não se falam há nove meses. Morando em Campinas, a última visita do astro foi há oito anos. "As portas e casa sempre estiveram abertas e ele escolheu se manter distante", afirma.

E não é a primeira vez que o rapaz processa o pai para pagamento da pensão. Há três anos, eles entraram em um acordo que não teria sido cumprido. "Foi feita uma proposta de acordo pelos advogados dele e entramos em consenso. Foi feito o pagamento da dívida em aberto", explica, mas um valor teria ficado faltando e gerou a dívida que é cobrada atualmente.

A mãe já acionou a justiça sete vezes ao longo de 12 anos para cobrar a pensão e teria passado dificuldades para criar o jovem: "Ela fazia hora extra no trabalho, abdicava do tempo dela comigo pra trabalhar mais ainda e conseguir me dar mais conforto. O que era pra ser uma coisa dividida entra ela e meu pai ficava só pra ela e sobrecarregava".

O LADO DO CANTOR

Compadre Washington usou seu perfil social para se pronunciar sobre a notícia de que teria tido a prisão decretada por não pagar alimentícia a um dos seus dez filhos.

Nas redes sociais, a equipe do artista fez uma nota de esclarecimento afirmando que as informações dada pelo colunista Leo Dias, do Metrópoles, não são verdadeiras:

"A informação de que o cantor pode ser preso a qualquer momento não é verdadeira, pois não existe mandado de prisão expedido", diz uma parte da nota.