Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Fernanda Machado revela período crítico após a perda do filho: "Era tudo pra mim, foi devastador"

Atriz celebrou a chegada de Leo, seu "bebê arco-íris" que reconstruiu período de profunda dor

Redação Contigo! Publicado em 25/08/2021, às 07h31

Fernanda Machado revela período crítico após a perda do filho: "Era tudo pra mim, foi devastador" - Reprodução/Instagram
Fernanda Machado revela período crítico após a perda do filho: "Era tudo pra mim, foi devastador" - Reprodução/Instagram

Morando fora do Brasil ao lado do marido e dos filhos, a atriz Fernanda Machado comoveu os seguidores ao falar abertamente sobre o drama que viveu após o aborto espontâneo que sofreu.

Ela perdeu um filho durante a gestação um ano antes da chegada de Leo, seu "bebê arco-íris". Esse nome é dado para as crianças que chegam logo após uma perda vivida pelas mamães.

"Hoje é o Dia dos Bebês Arco-íris aqui nos EUA. The National Rainbow Baby Day! Um dia para celebrar os bebês que chegaram após uma perda gestacional, celebrar a esperança e a vida desses 'milagrinhos', que chegaram trazendo luz após uma tempestade. Por isso eles são chamados bebês arco-íris!", disse ela.

A atriz compartilhou um vídeo com várias imagens do pequeno e abriu o coração. 

"Em abril de 2019, eu senti na pele a dor dessa perda, e foi impossível para mim não falar dessa dor, do luto que eu estava vivendo, da perda de um serzinho que quase ninguém sabia que existia. Mas que já era tudo pra mim. Foi devastador… E fingir que estava tudo bem, que nada estava acontecendo, só aumentava a minha dor. Dividir a minha perda gestacional foi parte do meu processo de luto, parte do meu processo de cura", disse ela que nunca escondeu dos fãs o drama que vivia.

Veja:

DECISÃO DIFÍCIL

Recentemente, Fernanda Machadofez um longo desabafo sobre as dificuldades em amamentar seu caçula, Leo — que, assim como Lucca, de 5 anos, é fruto do casamento com Robert Riskin.

"Seis meses de amamentação exclusiva. Eu nunca imaginei que amamentar meu segundo filho seria tão desafiador. [...] Há um mês, quando Leo estava com 5 meses, chegamos num ponto que achei que não conseguiríamos mais seguir com a amamentação."