Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DECLARAÇÃO

Famosos apoiam Klara Castanho após atriz revelar drama que está vivendo: "Estamos com você"

Famosos apoiam Klara Castanho após atriz revelar que engravidou após um estupro; veja

Redação Contigo! Publicado em 25/06/2022, às 20h49

Klara Castanho ganha apoio da classe artística após revelar drama: "Fique bem" - Reprodução/TV Globo
Klara Castanho ganha apoio da classe artística após revelar drama: "Fique bem" - Reprodução/TV Globo

A atriz Klara Castanho ganhou uma onda de apoio nas redes sociais neste sábado (25) ao revelar que foi vítima de um crime. Ela fez um relato muito doloroso da decisão que tomou após gerar um bebê que foi fruto de um estupro.

Nas publicações nas redes sociais, várias estrelas se pronunciaram em apoio. 

"Te amo pra sempre. Estou com você", disse a apresentadora Maisa Silva. A dançarina Brunna Gonçalves enviou um coração para a atriz.

Em outro post, a atriz Sophia Abrahão também se pronunciou. "Sinto muito que você tenha passado por isso. Tô em choque e muito triste por terem feito você relembrar e reviver toda essa dor. Sinta-se acolhida! Sinta-se amada! Muita força pra você e pra sua família!", declarou ela. 

"Meu amor, estou em prantos aqui lendo seu relato. Sinto tanto que você tenha passado por isso tudo. Não consigo calcular sua dor de ver essa história sendo deturpada é usada por gente má. Estou aqui, sinta todo o amor do mundo", disse a influenciadora Bic Muller. 

O ex-deputado Jean Wyllys também apoiou a atriz. "Você é uma pessoa admirável! Lamento por todo horror que você passou. E te desejo muita força e saúde para seguir lidando com os danos dessa violência e da violência perpetrada pela imprensa de celebridades e as mídias sociais."

Veja:

Após rumores, a atriz Klara Castanho se pronunciou neste sábado (25) e revelou que gerou um bebê após um estupro. Em um relato visceral, a atriz escreveu uma carta aberta e disse que entregou o bebê para a adoção..

A jovem, de apenas 21 anos, explicou que a gravidez aconteceu após um crime e que ela só descobriu que esperava uma criança no final da gestação, e por isso, optou por dar o bebê à adoção.

"Esse é o relato mais difícil da minha vida. Pensei que levaria essa dor e esse peso somente comigo. No entanto, não posso silenciar ao ver pessoas conspirando e criando versões sobre uma violência repulsiva e de um trauma que eu sofri. Eu fui estuprada", disse ela em um dos trechos.