Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / POLÊMICA!

Ex-RBD Christian Chávez é acusado de transmitir HIV a ex-garoto de programa: "Que a justiça seja feita"

O homem revelou que os dois se conheceram em um aplicativo de pegação e que foi convencido pelo cantor a transar sem preservativo

Redação CONTIGO! Publicado em 10/12/2020, às 10h57 - Atualizado em 16/12/2020, às 10h32

Ex-RBD Christian Chávez é acusado de transmitir HIV a ex-garoto de programa: "Que a justiça seja feita" - Reprodução/Instagram
Ex-RBD Christian Chávez é acusado de transmitir HIV a ex-garoto de programa: "Que a justiça seja feita" - Reprodução/Instagram

Christian Chávez está sendo acusado de transmitir HIV a um ex-garoto de programa.

Em entrevista à revista mexicana TV Notas, Josh revelou que os dois se conheceram em 2016, através de um aplicativo de pegação, e que o ex-RBD o convenceu a transar sem camisinha.

"No começo sim [eu usei preservativo], mas depois ele [Christian] me convenceu a tirar a camisinha. Perguntei se ele estava 'limpo', se não tinha HIV ou IST [Infecção sexualmente transmissível], mas ele ficou ofendido e respondeu que não havia com o que se preocupar. Ele me ofereceu 500 pesos mexicanos extras [R$ 127] para fazer isso, e eu aceitei", disparou.

O diagnóstico em questão só veio em outubro de 2019. Na época, o homem chegou a entrar em uma saga para descobrir quem havia lhe transmitido, até que entrou em contato com o ex-namorado do cantor, Maico Kemper, e teve a informação confirmada: "Ele [Maico] me disse que foi ele quem foi ao Seguro Social para buscar os medicamentos de Christian, porque ele não queria que a imprensa descobrisse [que ele tem HIV]".

Por fim, Josh afirmou que veio a público com a história para exigir justiça. "Tudo que eu quero é que a justiça seja feita, não estou procurando por dinheiro ou fama, isso não vai me devolver minha saúde ou minha família, quero que Christian vá para a cadeia. Porque não quero que a minha história se repita", finalizou.

Procurado pela revista em questão, Maico confirmou a versão do acusador.