Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DESABAFO

Esposa de William Bonner elogia edição histórica do 'Jornal Nacional': "Foi pra não esquecer"

Após assistir ao trabalho do marido à frente do telejornal, Natasha Dantas fez elogios nas redes sociais

Redação Contigo! Publicado em 08/09/2021, às 08h42

Esposa de William Bonner elogia edição do 'Jornal Nacional' histórica: "Foi épico" - Reprodução/Instagram
Esposa de William Bonner elogia edição do 'Jornal Nacional' histórica: "Foi épico" - Reprodução/Instagram

Esposa de William Bonner, a fisioterapeuta Natasha Dantas usou seu perfil nas redes sociais para reagir a abertura do Jornal Nacional, que cobriu o dia de manifestações pelo Brasil.

Na noite desta terça-feira (7), ela elogiou o trabalho do marido a frente do telejornal.

"Foi épico. Foi pra não esquecer", afirmou com clareza.

No JN, Bonner criticou as manifestações e ouviu especialistas sobre os riscos de uma ruptura institucional. 

“O Brasil assistiu hoje a uma demonstração de desprezo pela Constituição, promovida e insuflada pelo presidente da República. Em diversas cidades, milhares de bolsonaristas participaram de atos com pautas que afrontam a democracia, como a intervenção militar e a destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal. Em Brasília e em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro discursou. Voltou a atacar governadores e prefeitos que tomaram medidas de combate à disseminação do coronavirus. Voltou a atacar integrantes do STF. Voltou a atacar o sistema eleitoral brasileiro. E no dia da independência, Bolsonaro elevou a temperatura da crise institucional que ele mesmo criou e tem alimentado", disse Bonner.

Nas redes sociais, o público também reagiu ao telejornal que se tornou um dos assuntos mais comentados pelo público. 

Ontem, a apresentadora Fátima Bernardes não ficou em cima do muro e se pronunciou com firmeza nas redes sociais nesta terça-feira (7), dia de protestos contra e a favor do governo Jair Bolsonaro. Ela citou o artigo da Constituição que considera crime atentar contra a democracia.

"Nós já temos muito problemas, não podemos perder também a liberdade e viver sob constante ameaça", começou ela em seu perfil nas redes sociais.

Veja: