Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / EMOÇÃO

Em protesto contra Bolsonaro, Monica Martelli carrega faixa com nome de Paulo Gustavo: ''Pelo meu irmão''

Emocionada, atriz chora durante ato a favor da vacina contra Covid-19 e que pede impeachment do presidente

Redação Contigo! Publicado em 29/05/2021, às 18h53

Em protesto contra Bolsonaro, Monica Martelli carrega faixa com nome de Paulo Gustavo - Instagram
Em protesto contra Bolsonaro, Monica Martelli carrega faixa com nome de Paulo Gustavo - Instagram

Mônica Martelli comoveu neste sábado (29) com uma linda homenagem a Paulo Gustavo, ao participar de uma manifestação que pede a saída de Jair Bolsonaro da presidência do Brasil.

Com uma faixa escrita o nome do ator, que morreu após complicações da Covid-19, a atriz se emocionou e caiu em lágrimas. Aplaudida pela população, ela ficou firme mostrando os dizeres: “Paulo Gustavo, 500 mil brasileiros mortos. Genocídio”.

Nas redes sociais, Martelli compartilhou cliques e fotos do momento: “Eu, Mônica Martelli, filha, mãe, profissional e cidadã, precisava estar aqui hoje. Ao lado dessa mulher, minha mãe, que a vida toda me levou pra rua, pra gritar pelo que eu acredito. Eu precisava lutar e vou lutar até onde puder.”, iniciou ela na legenda.

“É pelo Paulo Gustavo, meu irmão, que nesse momento não pode mais estar aqui, é por quase meio milhão de pessoas que não podem mais estar aqui. Sim, todas as mortes causadas pelo descompromisso da política com a saúde é uma morte política. É uma vítima dessa política genocida.”.

“Não estou comemorando nada, não estou sorrindo sobre corpos, não estou debochando do meu país. Estou lutando como cidadã, que paga meus impostos, que trabalha, que tem um compromisso social. É minha obrigação estar aqui e lutar por mim e por você que me lê, mesmo que você não concorde comigo, estou aqui por você também.”.

DESABAFOU

A artista, que participa do ato na AV. Paulista, em São Paulo, fez questão de demonstrar o que pense sobre o atual governo. Sem poupar críticas, ela recebeu apoio de nomes comoEmanuelle Araújo, Regina Casé, entre outros.

“Desde o primeiro dia desse período tenebroso que estamos vivendo, Bolsonaro circula livremente por aí, aglomerando, debochando, fazendo campanha por um remédio que não tem eficácia alguma, rejeitando vacina diversas vezes, criando um projeto de morte, aglomerando em atos que desprezam o uso de máscaras, a segurança e a vida. Não dá mais. Estou cansada, esgotada, indignada demais pra me manter passiva assistindo esse pesadelo.”.

Veja: