Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / REFLEXÃO

Em processo de luto, viúvo de Paulo Gustavo diz que pessoas não deixam de existir: ''Nos transformamos''

Reflexivo, Thales Bretas diz que vida não acaba quando não é mais possível se enxergar no mundo

Redação Contigo! Publicado em 18/06/2021, às 19h33

Em processo de luto, viúvo de Paulo Gustavo diz que pessoas não deixam de existir
Em processo de luto, viúvo de Paulo Gustavo diz que pessoas não deixam de existir - Instagram

Thales Bretas, que durante essa semana decidiu retomar sua rotina de trabalho, usou as redes sociais nesta sexta-feira (18) para refletir sobre o ciclo da vida.

Após perder o marido, Paulo Gustavo, o médico disse acreditar que a vida não acaba quando não é mais possível se enxergar no mundo. Reflexivo, ele diz que tudo que vive se transforma, mas nunca deixa de existir.

“O contato com a natureza traz a sensação de que somos todos um só, muito maior que cada um de nós. Tudo está conectado. A água corre o tempo todo. Evapora. Chove. A folha cai. Nascem frutos. Pássaros comem e seus dejetos geram novas árvores.”, iniciou.  

“A vida é um ciclo, que não termina quando não podemos mais nos ver nele. Mudamos, nos transformamos, transfiguramos. Transmutamos. Mas nunca deixaremos de fazer parte do que sempre fomos e seremos!”, finalizou o dermatologista.

Fãs e amigos de Bretas foram só carinho. Irmã de Paulo, Ju Amaral fez questão de demonstrar seu apoio e deixou alguns símbolos de corações e preces nos comentários.

CRITICOU

A irmã do ator Paulo GustavoJuliana Amaral, manifestou-se nas redes sociais em defesa aos cuidados essenciais contra o vírus da Covid-19 que já matou mais de 488 mil pessoas no país, inclusive, o ator.

Na segunda-feira (14), em seu perfil, ela publicou uma selfie usando máscara em frente a um quadro do humorista e, com o punho serrado, não somente  incentivou o uso do acessório facial e apoiou a vacinação, mas fez questão de criticar as autoridades do Brasil.