Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / COMO ASSIM?

Em crítica, Mário Frias diz que projeto da Lei Paulo Gustavo é absurdo: “Quero agradecer por ter retirado de pauta”

O Senado adiou mais uma vez a votação do projeto que visa criar auxílio emergencial para o setor da cultura

Redação Contigo! Publicado em 15/09/2021, às 18h25

Em crítica, Mário Frias diz que projeto da Lei Paulo Gustavo é absurdo: “Quero agradecer por ter retirado de pauta” - Reprodução/Instagram
Em crítica, Mário Frias diz que projeto da Lei Paulo Gustavo é absurdo: “Quero agradecer por ter retirado de pauta” - Reprodução/Instagram

O ator Mário Frias, que assumiu a Secretaria Especial da Cultura no governo de Jair Bolsonaro, criticou na última terça-feira (14) o projeto de Lei que leva o nome do ator Paulo Gustavo.

O texto propõe a disponibilização de R$ 3,8 bilhões pela União a estados e municípios para a utilização em ações emergenciais que foquem em combater e mitigar os efeitos da pandemia sobre o setor cultural.

No Twitter, o, agora, político agradeceu a mais um pedido de adiamento feito pelo senador Fernando Bezerra para a votação do projeto da Lei Paulo Gustavo.

 “Quero agradecer o Senador Fernando Bezerra Coelho, Líder do Governo no Senado, por ter retirado de pauta o Projeto de Lei Paulo Gustavo”, disse ele.

E, em seguida, detonou. “Este projeto é completamente absurdo!”, escreveu.

EITA!

Marcelo Serrado revelou nesta segunda-feira (13) que perdeu mais de 15 mil seguidores após se posicionar contra o governo de Jair Bolsonaro.

Em seu Twitter oficial, o ator fez a revelação e ainda explicou que o fato de ter votado em Fernando Haddad nas eleições de 2018 irritou alguns internautas. 

Entretanto, ele não se mostrou triste com a notícia, mas sim aliviado.