Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / POLÊMICA!

Em briga judicial, mãe do filho de Felipe Araújo revela ameaças e confusões: ''Ameaçou tirar meu filho''

Carol Marchezi desabafou sobre agressões psicológicas e ameaças sofridas após briga judicial com cantor

Redação CONTIGO! Publicado em 10/06/2020, às 14h44 - Atualizado em 25/06/2020, às 23h14

Mãe do filho de Felipe Araújo revela ameaças: ''Falou que iria tirar meu filho'' - Arquivo Pessoal
Mãe do filho de Felipe Araújo revela ameaças: ''Falou que iria tirar meu filho'' - Arquivo Pessoal

A modelo Carol Marchezi recorreu às redes sociais na tarde desta quarta-feira (10) para desabafar sem filtros sobre toda a confusão envolvendo seu nome e do ex-namorado, Felipe Araújo.

Ambos brigam judicialmente por um acordo no valor da pensão do filho, Miguel. Após as revelações da jornalista Fábia Oliveira, a influencer também desabafou nos Stories e deu sua versão dos fatos.

"Eu nunca falei nada aqui sobre isso por dois motivos: Primeiro, pela exposição que meu filho teria, e infelizmente está tendo. Segundo, porque a mulher sempre sai errada para a maioria dos julgadores de plantão", começou dizendo.

"Quando estava no final da gravidez, o pai do meu filho me procurou para estabelecermos o valor da pensão. Até aquele momento, o pai do Miguel não tinha participado nos custos do pré-natal. Enfim, a advogada dele veio e ofereceu dois salários mínimos de pensão para o meu filho, depois ofereceu três. Meu advogado disse que, com esse valor, não haveria acordo, que tudo deveria ser feito em prol do Miguel. Provisoriamente, o juiz aumentou o valor ofertado. O processo ainda está em andamento", revelou.

Carol ainda conseguiu denunciar as ameaças e agressões psicológicas sofridas durante o processo.

"Em setembro do ano passado, houve uma discussão na qual o pai do meu filho me agrediu psicologicamente e moralmente, conforme relatei na delegacia da mulher. Não houve agressão física. Na ocasião, o genitor do meu filho veio na minha direção, apontando o dedo no meu rosto, com o tom de voz alterado dizendo: 'Vou contratar os melhores advogados e vou tirar o Miguel de você'. Isso me agrediu como mãe. Não tenho como lutar contra alguém que tem mil vezes o poder financeiro e midiático que eu tenho. Me senti extremamente agredida, ameaçada, vulnerabilizada. No outro dia de manhã, fui fazer um B.O. como maneira de me resguardar", contou ela.

Ao fim, a influencer lamentou toda a exposição por conta de um problema pessoal.

"É muito triste ter que expor esses tipos de situações. eu sempre tentei preservar ao máximo o meu filho, mas não posso me omitir a isso. So que viveu isso sabe o quanto é desgastante, o quanto é estressante brigar judicialmente e frequentar audiências. No mas, sigo trabalhando para que um dia consiga proporcionar uma excelente qualidade de vida para o meu filho sem precisar de pensão", completou.

NOTA DA ASSESSORIA 

A assessoria do cantor enviou uma nota à CONTIGO! em que nega os fatos.

A defesa de Felipe Araújo refuta veemente todas as alegações feitas. A defesa ainda informa que Felipe JAMAIS ajuizou qualquer ação para reduzir a pensão alimentícia do filho Miguel. Esclarece que QUANDO A SRA CAROLINE ESTAVA GRÁVIDA DE 7 MESES, FELIPE AJUIZOU UMA AÇÃO DE FIXAÇÃO DE ALIMENTOS GRAVÍDICOS (ou seja, antes mesmo da realização de exame de DNA). A defesa de Felipe informa que paga mensalmente ao menor Miguel o valor fixado pelo poder judiciário, e, que mesmo sem realizar qualquer show há mais de 3 três meses vem cumprindo fielmente com o determinado pela decisão judicial.

Quanto a alegação de que Felipe supostamente esta buscando a guarda do menor, notadamente se trata de uma inverdade descabida, vez que sequer cogitou essa situação, pois entende e concorda que o filho deve residir com a genitora. Finalmente, quanto ao Boletim de Ocorrência alegado, a defesa informa que nunca tomou conhecimento de tais fatos. Negando também as alegações de que teria ameaçado tirar a guarda do filho em qualquer momento, vez que nunca teve esta intenção.