Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / TRGÉDIA

Devastada, filha do piloto de avião com Marília Mendonça se despede do pai: “Meu herói”

Filha do piloto confessa que seu maior medo era perder o pai, que estava abordo na aeronave que caiu com Marília Mendonça

Redação Contigo! Publicado em 06/11/2021, às 09h49

Devastada, filha do piloto de avião com Marília Mendonça se despede do pai: “Meu herói” - Reprodução/Instagram
Devastada, filha do piloto de avião com Marília Mendonça se despede do pai: “Meu herói” - Reprodução/Instagram

A filha do piloto do avião que caiu com a cantora Marília Mendonçadeu adeus ao pai, Geraldo Martins de Medeiros Júnior, em emocionante homenagem nas redes sociais.

A aeronave em que Geraldo pilotava, transportava a sertaneja, o tio, Abicieli Silveira Dias, o produtor dela, Henrique Ribeiro, além do copiloto, Tarciso Pessoa Viana. Após queda trágica em uma queda d’água em Piedade de Caratinga, Minas Gerais, não houve sobreviventes.

“Geraldo Martins de Medeiros Júnior. Te amo tanto. Fica com Deus. Estamos juntos. 5/11/2021. Obrigada por vir se despedir de mim de uma forma inefável. Boa. O senhor fez tudo. Sua presença é ilustre. Meu herói. Amor da minha vida. A morte é só uma passagem”, escreveu a jovem Vitória Medeiros ao publicou neste sábado (06) alguns registros com o pai.

E, lamentou. “Seu abraço é o melhor e mais cheiroso do mundo, sou infinitamente grata por ter permanecido no seu abraço e aproveitado de cada um, muito, nos últimos três meses, e eu nem imaginava o que ia acontecer. Já tá fazendo imensa falta”, disse ela.

Vitória ainda confessou que seu maior medo era perder Geraldo. “És o meu tudo. Meu maior medo era te perder, agora já não tenho mais medo de nada. Estamos juntos sempre”, afirmou.

TRISTEZA

Avião que matou Marília Mendonça e outras quatro pessoas em Caratinga, em Minas Gerais, bateu em um cabo de força de uma torre de distribuição antes de cair nesta sexta-feira (5).

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) informou que o avião bimotor em que estavam as cinco vítimas, atingiu uma torre de energia e deixou cerca de 33 mil clientes sem energia elétrica.

Segundo informações do G1, a aeronáutica segue investigando possibilidades para o acidente, que aconteceu em uma cachoeira a cerca de 2km de distância da pista onde a aeronave deveria pousar.