Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / DENÚNCIA

Desmentido, Carlinhos Maia é intimado pelo Ministério Público e vai precisar se explicar judicialmente

Órgão vai investigar se ele foi mesmo convidado para furar fila de vacinação; prefeito de Maceió também vai depor

Redação Contigo! Publicado em 22/01/2021, às 12h07

Carlinhos Maia é intimado para depor - Reprodução/Instagram
Carlinhos Maia é intimado para depor - Reprodução/Instagram

O humorista Carlinhos Maia e o prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB), serão intimados para se explicarem ao Ministério Público de Alagoas.

É que o órgão está investigando o suposto convite que ele recebeu para furar a fila de vacinação.

Segundo o portal UOL, a ideia é comprovar que estão seguindo os protocolos estabelecidos pelas entidades sanitárias. Em breve, uma nota pública deve esclarecer em que ponto estão as investigações.

Há dois dias, o humorista Carlinhos Maia voltou a se pronunciar sobre ter sido convidado a furar a fila e se vacinar antes dos grupos de risco contra a Covid-19.

Após o governo de Alagoas ter negado a informação, o humorista reafirmou que a conversa aconteceu e que o pedido teria partido do atual prefeito de Maceió, João Henrique Caldas (PSB). 

"Aconteceu essa conversa sim, que foi inclusive da prefeitura de Maceió, mas foi na melhor intenção do mundo. Mas não ataquem o prefeito, porque é uma pessoa que eu gosto pra caramba e ele é muito revolucionário com esse negócio de internet.", disse ele.

“Deixando claro que eu jamais tomaria a vacina, eu só quis deixar claro para vocês que eu aceitei fazer a campanha e inclusive filmar os idosos que iam tomar a vacina. Eu até pedi para ele colocar a minha mãe, a dona Madalena que já tem 70 anos... E a minha rede social estaria à disposição. Então não foi o governador. Eles desmentiram uma coisa aí que nem partiu deles. Foi uma coisa conversada com o prefeito de Maceió e foi uma ideia”, contou o digital influencer, que apagou os stories.