Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / QUARENTENA

De máscara, Samara Felippo curte passeio ao ar livre com as filhas: ''Praça vazia''

Atriz contou que desde que a quarentena iniciou, essa foi a primeira vez que elas saíram de casa

Redação Contigo! Publicado em 11/08/2020, às 17h20 - Atualizado às 17h22

Samara Felippo curte passeio ao ar livre com as filhas - Instagram
Samara Felippo curte passeio ao ar livre com as filhas - Instagram

Samara Felippo decidiu respirar um pouco de ar puro ao lado de suas herdeiras. Nesta terça-feira (11) a atriz compartilhou um passeio ao ar livre que fez com as crianças.

Usando máscaras, o trio apareceu bastante animado e a mamãe coruja contou que, desde que iniciou o isolamento social, essa foi a primeira vez que elas saíram, e só porque avistaram a praça vazia.

“Minha trupe, minha vida, meus amores. Estou isolada em nível hard, peço compras online, esterilizo tudo que chega, tenho me alimentado bem, me reinvento a cada dia com as crianças, estudamos, me exercito pra não pirar. Essa foi uma das únicas vezes que olhamos a praça vazia e fomos dar uma respirada dessa loucura toda. Mas é tipo na calçada de casa”, explicou ela.

A artista ainda chamou atenção para os números de mortos no Brasil: “100 mil mortos. Bares cheios. Praças cheias. Um desgoverno sem fim. Agradeço o privilégio de poder me manter em segurança e aos meus próximos e levo meu abraço e carinho as famílias que perderam entes queridos. Que venha logo essa bendita vacina!”, finalizou.

ACEITANDO A IDADE:

Aos 41 anos, Samara Felippo mostrou toda sua autoestima e confiança ao comentar sobre seu novo cabelo nas redes sociais com os fãs. Ela posou com os novos fios grisalhos e prometeu assumir o visual. Na legenda, a estrela falou sobre o processo de autoaceitação e deu dicas aos internautas:

"Esse grisalho como anda? To sorrindo, mas Instagram é pra parecer que é bom, né? Que é lindo! Aqui no Instagram você discursa com toda convicção e já se aceita, como se não pudesse sentir todos os anos de repressão", ironizou.

Veja: