Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!
Famosos / Sofrimento

De cabelos brancos, Preta Gil revela luta para seguir a vida após perda de Paulo Gustavo: "Quero viver meu luto"

Cantora abriu o coração sobre dificuldade da vida com a ausência; veja

Redação CONTIGO! Publicado em 19/05/2021, às 17h50

Preta Gil desabafa sobre dificuldade de lidar com luto - Reprodução/Instagram
Preta Gil desabafa sobre dificuldade de lidar com luto - Reprodução/Instagram

Preta Gil desabafou nesta quarta-feira (19) sobre a rotina após perder um grande amigo, Paulo Gustavo.

A cantora posou para uma foto ostentando os fios brancos nos cabelos e abriu o coração sobre a dificuldade de seguir a vida após um choque tão doloroso.

"Sobre arrumar forças pra seguir: não tá sendo fácil, hoje eu me maquiei, trabalhei, chorei, voltei a trabalhar, desmarquei reunião, chorei mais um pouco, tomei um café, retoquei a maquiagem e fiz essa foto, pois eu preciso me forçar a voltar a trabalhar. Fico nesse dilema, quero viver meu luto, minha tristeza, mas quero e preciso trabalhar!", escreveu.

Ela prossegue: "Eu sempre converso com PG, sempre falo com ele e em nossas conversas escuto ele falando 'Aow, deixa de palhaçada, Preta, vai viver sua vida, construir sua história, tocar seus negócios e carreira'. Como pode isso gente? Ele mesmo me consola?".

"Eu nunca senti isso, mesmo na ausência, a presença dele em mim é gritante. Só penso: se tá difícil pra mim, pra nós amigos, imagina para a Dea Lucia, a Ju, o Thales e seu Júlio. Vou voltar os meus trabalhos, voltei a me cuidar e vou me fortalecer com o tempo, mas a saudade tá doendo!", finaliza Preta. Confira:

PERDAS ANTIGAS

A cantora Preta Gil publicou um longo desabafo nas redes sociais nesta segunda-feira (17) e lembrou a morte precoce de um dos irmãos, Pedro Gil.

Se estivesse vivo, ele completaria seu aniversário de 51 anos. Ele faleceu em um acidente de carro.

"Hoje, 17 de maio, seria aniversário de 51 anos do meu saudoso irmão Pedro. Eu sempre tive uma dificuldade com esse dia, nesses últimos 32 anos sem ele aqui. Com a partida de minha avó e a perda brutal de Paulo Gustavo, eu revivi muito a morte de Pedro", declarou ela.