Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / SAÚDE

Com Covid-19, Juliana Paes relata fortes sintomas e dores: "Esse vírus é muito maluco"

A atriz está em isolamento com o marido e os filhos

Redação Contigo! Publicado em 24/09/2020, às 09h07

Juliana Paes relata fortes sintomas e dores - Reprodução/Instagram
Juliana Paes relata fortes sintomas e dores - Reprodução/Instagram

Juliana Paes falou pela primeira vez sobre seu diagnóstico do novo coronavírus. No programa Conversa com Bial, a atriz revelou que sentiu fortes dores de cabeça, nos olhos, além da perda de paladar e olfato. Felizmente, a doença não atingiu seu pulmão, nem teve febre, cansaço e tosse seca. 

"Esse vírus é muito maluco, muito doido. Eu comecei primeiro a sentir uma pressão na cabeça, depois começou a doer o fundo dos olhos e tive dois dias de muita dor de cabeça. E sem sentir o gosto e o cheiro de nada", contou. "Acho que não chegou a afetar a minha parte pulmonar, ficou mais nas minhas vias aéreas superiores. Não sou médica, não entendo dessas coisas, mas a minha sensação foi essa". 

Juliana está isolada com o marido, Carlos Eduardo Baptista e com os filhos Antônio e Pedro.

"É um vírus diferente. Você não sente o gosto e o cheiro como em um resfriado comum. Porque [na gripe] você ainda sente aquele gostinho no fundo, o cheiro, você perde parcialmente essas capacidades. Mas na Covid, não, você não sente nada.".

A atriz celebrou estar praticamente curada. "O meu pneumologista disse que preciso completar no mínimo 14 dias para eu estar totalmente liberada. Clinicamente estou muito bem". 

UAU

Deslumbrante, a musa Juliana Paes deixou os fãs babando nas redes sociais ao surgir em um vídeo ousado.

Publicado pelo coreógrafo Justin Neto, o vídeo mostra a atriz global de meia calça, botinha, polaina e top. Ela arrasou ao som de Break My Heart, hit da cantora Dua Lipa.

"Que saudade que tava de dançar com você! No clima do retorno da perigosa", disse ele fazendo referência à reestreia da novela A Força do Querer, que marcou um dos trabalhos mais brilhantes da carreira da atriz.