Contigo!
Facebook Contigo!Twitter Contigo!Instagram Contigo!Spotify Contigo!
Famosos / Triste

Carol Nakamura desabafa após filho escolher a mãe biológica: "Onde eu errei?"

Abatida, Carol Nakamura desabafa e explica como foram os últimos meses com o menino que adotou; entenda

Redação CONTIGO! Publicado em 31/05/2022, às 14h54

Carol Nakamura desabafa sobre decisão do filho adotivo de voltar para mãe biológica - Reprodução/Instagram
Carol Nakamura desabafa sobre decisão do filho adotivo de voltar para mãe biológica - Reprodução/Instagram

A modelo Carol Nakamura se pronunciou sobre o retorno do filho adotivo à mãe biológica nesta terça-feira (31).

Em vídeo nas redes sociais, a famosa falou a respeito da surpresa do menino pedir para voltar a morar com a família biológica após três anos com ela e o marido, Guilherme Leonel.

"Eu tenho que respeitar a vontade dele. O Zezinho vai fazer doze anos, ficou três anos, morou, sempre foi muito amado e ele tem consciência disso. Mas ele quis ir pra casa da mãe dele porque, gente, olha só, primeiro que ele tem uma mãe biológica, né?", explica.

Ela analisa a situação: "Depois que uma criança cresce sem regra é muito difícil, por mais que você mostre os benefícios da educação, da alfabetização, dê uma casa, oportunidade, tudo que ele não tinha antes, é complicado e decepcionante".

"Minha guarda provisória acabou e eu tive que respeitar a vontade dele", diz, resignada, mas expõe as atitudes do menino antes de ir embora: "Ele tava safado, ele já tinha entendido que eu não tinha a guarda [definitiva] dele, então se a gente brigasse, ou colocasse de castigo, ele queria ir pra casa da mãe".

Carol conclui, abatida: "A única coisa que resta é aceitar. Então, gente, não vamos mais falar sobre isso", e confessa: "Durante muito tempo eu fiquei me perguntando onde eu errei, o que eu fiz de errado".

MARIDO TAMBÉM SE PRONUNCIA

O modelo Guilherme Leonel anunciou nesta terça-feira (31) que o pequeno que ele adotou com a namorada Carol Nakamura escolheu voltar para a mãe biológica.

"Meu sonho era vê-lo voando na vida! Eu sempre afirmei: esse moleque chega aonde ele quiser. Com a malandragem de vida, a inteligência que tem e todo suporte que damos, ele vai voar", começou o modelo.

Ele lamentou a situação, mas disse que é preciso respeitar a vontade da criança.

"Mas nem sempre as coisas saem como a gente quer, e não temos controle sobre as vontades alheias.
E infelizmente a vontade dele foi partir, voltar para a casa da mãe biológica. E por mais doloroso que seja para nós, temos de entender e respeitar, afinal, não sei como reagiria se estivesse na pele dele.
Você viver em um mundo completamente avesso aquele que vivia, aonde existem regras, horários, compromissos, obrigações", lamentou ele.